Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Euro digital pode incentivar uso internacional da moeda única, aponta BCE

    A abertura de um euro digital para estrangeiros também acarreta riscos, como uma porta de entrada para a lavagem de dinheiro

    Logo do Banco Central Europeu em Frankfurt, Alemanha
    Logo do Banco Central Europeu em Frankfurt, Alemanha Foto: REUTERS/Ralph Orlowski

     A criação de um euro digital pode impulsionar o status internacional da moeda única, facilitando sua utilização para pagamento ou poupança, disse o Banco Central Europeu (BCE) nesta quarta-feira.

    “Segurança, baixos custos de transação e efeitos de agregação podem facilitar a adoção internacional de uma moeda”, disse o BCE.

    Porém, a abertura de um euro digital para estrangeiros também acarreta riscos, como uma porta de entrada para a lavagem de dinheiro.

    O BCE afirmou que esses riscos podem ser mitigados durante a concepção da moeda digital, por exemplo, estabelecendo limites para a quantidade que cada cidadão pode ter ou forçando sua divulgação.

    “Transparência ou privacidade seletiva permitiriam uma melhor conformidade e verificações para ‘conhecer seu cliente’ a serem implementadas, controlando assim os fluxos de pagamentos ilícitos, por exemplo, para grandes transações”, disse o BCE.

    “Essas salvaguardas fortaleceriam a reputação e credibilidade do euro digital.”