Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    FMI reduz previsão de crescimento global e alerta para recessão com inflação alta

    Segundo previsões, Produto Interno Bruto real global desacelerará para 3,2% em 2022, ante uma previsão de 3,6% divulgada em abril

    Por David Lawder, da Reuters

    O Fundo Monetário Internacional (FMI) cortou as previsões de crescimento global novamente nesta terça-feira (26), alertando que os riscos negativos da inflação alta e da guerra na Ucrânia estão se materializando e podem levar a economia mundial à beira da recessão se não forem controlados.

    O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) real global desacelerará para 3,2% em 2022, ante uma previsão de 3,6% divulgada em abril, disse o FMI em uma atualização de seu relatório Perspectiva Econômica Global.

    O Fundo acrescentou que o PIB mundial contraiu no segundo trimestre devido a retrações na China e na Rússia.

    O FMI cortou sua previsão de crescimento em 2023 para 2,9% em relação à estimativa de abril de 3,6%, citando o impacto de uma política monetária mais restritiva.

    O crescimento mundial se recuperou em 2021 para 6,1% depois que a pandemia da Covid-19 esmagou a produção global em 2020 com uma contração de 3,1%.

    “A perspectiva piorou significativamente desde abril. O mundo poderá em breve estar à beira de uma recessão global, apenas dois anos após a última”, disse o economista-chefe do FMI, Pierre-Olivier Gourinchas, em comunicado.