Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo adia apresentação de contraproposta a servidores públicos

    Reunião marcada para próxima terça-feira (7) à tarde, está mantida

    Fachada do Palácio do Planalto
    Fachada do Palácio do Planalto Marcos Oliveira/Agência Senado

    Gabriel Hirabahasida CNN

    em Brasília

    O governo federal adiou a apresentação de uma contraproposta de reajuste salarial aos servidores públicos do Executivo. O governo havia se comprometido a enviar uma nova proposta com valores melhores que os apresentados inicialmente, de aumento geral de 7,8% a todas as categorias.

    Na noite de quinta-feira (2), porém, representantes do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos avisaram aos servidores que não conseguiriam cumprir o prazo.

    A reunião marcada para a próxima terça-feira (7) à tarde, está mantida. O governo disse esperar que até lá tenha enviado a contraproposta.

    “A reunião prevista, em continuidade às negociações visando o estabelecimento de acordo salarial 2023, com as entidades representativas dos servidores públicos federais, não mais ocorrerá amanhã [sexta-feira], em razão de insuficiente tempo para disponibilizar proposta referendada pela representação do governo. Informamos, ainda, que a proposta, assim que disponibilizada, será encaminhada para conhecimento e avaliação, estando mantida a reunião prevista para dia 7 de março de 2023, às 14h30”, afirmou a Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho em ofício ao qual a CNN teve acesso.

    Os representantes dos servidores públicos esperam que a contraproposta seja feita até segunda-feira (6) pela manhã, de acordo com fontes ouvidas pela CNN.

    Assim, seria possível que as diversas categorias fizessem suas assembleias para analisar os termos oferecidos pelo governo na segunda à tarde ou na terça (7) pela manhã, antes da reunião marcada para as 14h30.

    Inicialmente, na primeira reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente, o governo propôs aos servidores um aumento linear de 7,8%, que foi considerado pequeno pelos representantes dos trabalhadores. Na última sexta (24), os servidores apresentaram uma contraproposta de aumento de 13,5%.

    A negociação vem sendo conduzida pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviço Público junto com representantes do serviço público. A próxima reunião está marcada para o dia 7 de março, quando há expectativa de se chegar a um acordo sobre o reajuste salarial.

    Além do aumento linear de 7,8% no salário dos servidores, a proposta inicial do governo também inclui um reajuste de 46,6% no vale-alimentação, o equivalente a R$ 200.

    O valor é referente à variação acumulada do IPCA de fevereiro de 2016 a fevereiro de 2023. Se aprovado, o benefício passaria de R$ 458 para R$ 658.