Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kanye West não está mais adquirindo Parler, diz empresa

    Nas últimas semanas, o rapper viu vários negócios lucrativos evaporarem devido a seus comentários anti-semitas

    Brian Fungdo CNN Business

    O rapper anteriormente conhecido como Kanye West não adquirirá mais a Parler, a plataforma alternativa de mídia social preferida por conservadores, incluindo alguns extremistas de extrema direita, anunciou a empresa na quinta-feira (1°). West mudou legalmente seu nome para Ye.

    A decisão de abandonar o acordo foi mútua, tuitou Parler.

    Em um comunicado, a controladora de Parler, Parlement Technologies, disse que “concordou mutuamente com Ye em encerrar a intenção de venda de Parler. Esta decisão foi tomada no interesse de ambas as partes em meados de novembro. Parler continuará buscando oportunidades futuras de crescimento e evolução da plataforma para nossa vibrante comunidade”.

    A CNN entrou em contato com um representante de Ye para comentar.

    As contínuas dificuldades comerciais de Ye foram um fator na decisão mútua, disse uma pessoa familiarizada com o assunto à CNN.

    Nas últimas semanas, Ye viu vários negócios lucrativos evaporarem devido a seus comentários anti-semitas. Em outubro, a fabricante de roupas esportivas Adidas disse que encerrou sua parceria com a Ye.

    Outras parcerias, inclusive com Gap e Balenciaga, também foram encerradas. E no início desta semana, Ye afirmou em um podcast de direita que o Internal Revenue Service congelou várias de suas contas devido a uma fatura de impostos não paga no valor de US$ 50 milhões.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original