Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lego suspende atividades em parte das lojas na Rússia por falta de materiais

    Fornecimento de peças para a fabricação de brinquedos foi atravancado por sanções ocidentais impostas a Moscou por causa da invasão à Ucrânia

    Empresa continuará operando apenas com estoques locais
    Empresa continuará operando apenas com estoques locais Divulgação/Lego

    Tamara Nassifdo CNN Brasil Business*

    em São Paulo

    Algumas lojas de brinquedos Lego estão sendo “temporariamente congeladas” na Rússia, disse o revendedor local da fabricante de brinquedos, Inventive Retail Group, nesta sexta-feira (3).

    Segundo comunicado enviado a clientes e visto pela agência Reuters, as sanções impostas após a invasão à Ucrânia prejudicaram a rede de fornecedores de peças e componentes dos produtos vendidos na Rússia.

    “Os fornecimentos de Lego na Rússia foram temporariamente suspensos e continuamos operando apenas com estoques locais. Com isso, estamos congelando temporariamente o trabalho de algumas lojas”, disse a companhia na nota. As lojas que ainda têm estoque continuarão funcionando.

    A suspensão ocorre exatos 100 dias após a invasão russa à Ucrânia. Desde março, a Lego passou a interromper envios de produtos para a Rússia em retaliação ao conflito, referido por Moscou como “operação militar especial”.

    A empresa tem cerca de 80 lojas em território russo, operadas pelo grupo Inventive Retail.

    *Com informações da Reuters. Sob supervisão de Ligia Tuon