Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mercado começa a tentar precificar o “Efeito Lula” nos investimentos

    No novo episódio do Abertura de Mercado, você vai entender os efeitos da anulação da condenação de Lula e as expectativas para a ida da PEC Emergencial à Câmara

    Foto: CNN/Divulgação

    André Jankavski,

    do CNN Brasil Business, em São Paulo

    Foi um começo de semana bem turbulento, repleto de altos e baixos no mercado financeiro e no governo brasileiro. Enquanto todos esperavam que o foco desta semana ficaria na inflação no Brasil e nos EUA, além da PEC Emergencial, tudo mudou à tarde quando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, decidiu anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    A decisão caiu como uma bomba na bolsa, que viu o seu principal índice derreter. Para completar, a Petrobras anunciou mais um aumento dos combustíveis neste ano – o sexto desde janeiro. 

    Neste episódio do Abertura de Mercado, André Jankavski fala sobre como esses fatos e também as incertezas da gestão brasileira da pandemia afetaram o mercado de ações e os investimentos estrangeiros. Para comentar sobre os possíveis rumos do mercado de investimentos no Brasil, o podcast Adriano Cantreva, sócio da gestora de recursos Portofino. 

    Na agenda de hoje, começam de fato as discussões da PEC Emergencial na Câmara dos Deputados, e, como era esperado, surgem alguns ruídos. Enquanto o líder do governo, o deputado Ricardo Barros, diz que o projeto original será aprovado, apoiadores do presidente começam a articular para mudar o texto. O deputado Capitão Augusto (PL-SP), líder da bancada da bala, quer tirar os policiais militares do gatilho de congelamento de salários.