Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Monitor da FGV aponta alta de 0,3% no PIB brasileiro em abril

    Na comparação com o mesmo mês de 2021, o crescimento foi de 3,6%, com alta de 2,8% no trimestre móvel encerrado no quarto mês deste ano

    Stéfano Sallesda CNN

    Rio de Janeiro

    A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta terça-feira (21) o Monitor do PIB-FGV, que aponta um crescimento de 0,3% na atividade econômica brasileira em abril, em relação a março, já incluído o ajuste sazonal.

    Na comparação com o mesmo mês de 2021, o crescimento foi de 3,6%, com alta de 2,8% no trimestre móvel encerrado no quarto mês deste ano.

    Pesquisadora do Instituto Brasileiro de Economia (FGV Ibre), a economista Juliana Trece, coordenador da pesquisa, destaca que o comportamento da economia em abril foi diferente do que vinha se apresentando até então. Essa foi a terceira alta consecutiva, embora o índice tenha sido inferior ao registrado nos dois meses anteriores.

    “A despeito do crescimento da agropecuária e da indústria, o setor de serviços parou de contribuir para o PIB da mesma forma que vinha contribuindo, principalmente devido à retração de comércio e transporte. Pela ótica da demanda, o consumo das famílias também cresce pelo terceiro mês consecutivo”, explica a coordenadora da sondagem.

    A alta do consumo das famílias foi de 4,8% no trimestre móvel, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Os serviços apresentaram alta de 7,5%, enquanto os bens semiduráveis tiveram elevação de 13,3%, e os não duráveis, de 2,1%. No entanto, os bens duráveis apresentaram queda.”(A queda) pode ser reflexo da elevação da taxa de juros e das incertezas com relação ao desempenho econômico e político no ano eleitoral”, explica Juliana Trece.

    No último dia 15, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto percentual. Essa foi a 11ª alta consecutiva, o que elevou o índice para 13,25% ao ano.O Monitor do PIB aponta ainda que, no mesmo trimestre móvel, houve crescimento de 1,5% na exportação de bens e serviços e retração de 8,2% das importações, em relação ao mesmo período de 2021.

    O índice aponta também retração trimestral de 5,2% na formação bruta de capital fixo, que mostra a variação dos investimentos em ativos fixos, utilizados para mensurar a capacidade produtiva da economia. O componente foi influenciado principalmente pela queda de 10,7% no item máquinas e equipamentos.

    O PIB oficial é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), órgão que faz parte da estrutura do Ministério da Economia. A próxima divulgação parcial do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais, que compreenderá o período de abril a junho deste ano, está prevista pelo instituto para 1º de setembro.