Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Pesquisa: Rio tem metro quadrado mais caro do país e 5º maior da América Latina

    Santiago, no Chile, se apresentou como o local mais caro. Montevidéu, Buenos Aires e Cidade do México aparecem na sequência

    Movimentação na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro
    Movimentação na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo (17.jul.2020)

    Wesley Santana, colaboração para o CNN Brasil Business, em São Paulo

    Entre os brasileiros, moradores do Rio de Janeiro parecem ter vantagem na hora de vender imóveis. Um levantamento mostrou que a capital fluminense tem o metro quadrado mais caro do país e o quinto mais alto da América Latina, custando cerca de US$ 2,2 mil (cerca de R$ 11,3 mil). 

    O relatório foi produzido pela Navent, controladora do site Imovelweb, em parceria com a universidade argentina Torcuato Di Tella, e elencou o valor médio dos imóveis na América Latina.

    Santiago, no Chile, se apresentou como o local mais caro, com valor médio de US$ 3,2 mil. Montevidéu, Buenos Aires e Cidade do México aparecem na sequência. O Rio, por fim, aparece na quinta colocação.

    Leia também:

    Cientista turco entra em ranking de mais ricos do mundo com vacina para Covid-19
    RJ: Shoppings funcionarão 24h para evitar aglomeração nas festas de fim de ano

    Outra cidade brasileira que figura a lista é São Paulo, com valor médio de US$ 1,7 mil, na oitava posição, depois de Lima, no Peru, e da Cidade do Panamá.

    Na outra ponta, para morar em Bogotá, na Colômbia, os interessados gastam bem menos: o preço médio do metro quadrado por lá é de US$ 1,2 mil. 

    O estudo teve como base o comportamento de jovens profissionais em 14 cidades latino-americanas, de 9 países, em bairros com características semelhantes em cada localidade. No geral, quando consideradas todas as cidades, a média do custo é de US$ 1,9 mil. Os preços foram mapeados a partir de anúncios em dois sites de classificados de imóveis. 

    No Rio, foram selecionados os bairros de Botafogo, Copacabana e Ipanema; já em São Paulo, entraram na conta Ibirapuera, Itaim Bibi, Jardins e Moema. A seguir, você confere a lista completa dos locais e seus respectivos preços.

    Valor do metro quadrado

    Santiago (Chile): US$ 3.278
    Montevidéu (Uruguai): US$ 2.857
    Buenos Aires (Argentina): US$ 2.847
    Cidade do México (México): US$ 2.269
    Rio de Janeiro (Brasil): US$ 2.224
    Lima (Peru): US$ 2.080
    Cidade do Panamá (Panamá): US$ 1.821
    São Paulo (Brasil): US$ 1.744
    Rosário (Argentina): US$ 1.654
    Monterrei (México): US$ 1.535
    Guadalajara (México): US$ 1.535
    Córdoba (Argentina): US$ 1.442
    Quito (Equador): US$ 1.250
    Bogotá (Colômbia): US$ 1.217
    Preço médio: US$ 1.921

    O levantamento é publicado duas vezes por ano. Na última edição, em abril, o Rio de Janeiro esteve na quarta posição, com valor médio de US$ 2,4 mil, à frente da Cidade do México. São Paulo, por sua vez, ocupou a sétima colocação com US$ 1,9 mil por metro quadrado.  

    Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook