Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PIB brasileiro deve crescer 2% em 2023, diz Haddad

    Ministro da Fazenda afirma considerar pouco, ponderando que país tem potencial para desempenho acima da média mundial

    Fernando Haddad, ministro da Fazenda
    Fernando Haddad, ministro da Fazenda Reprodução CNN

    da Reuters

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira (17) que o país deve crescer perto de 2% este ano, o que ele afirmou considerar pouco, ponderando que o Brasil tem potencial para um desempenho acima da média mundial.

    “Não dá para continuar convivendo com taxas de crescimento de 1% ao ano em média”, disse Haddad em audiência conjunta de comissões na Câmara dos Deputados. “Este ano nós devemos crescer alguma coisa perto de 2%, mas é pouco, na minha opinião é pouco.”

    Em março, a Fazenda projetou um crescimento de 1,61% para este ano, mas a Reuters mostrou que a equipe econômica se prepara para fazer uma revisão positiva do número após dados recentes apontarem para uma maior resiliência da atividade econômica.

    Haddad afirmou que, “para o Brasil ficar maior ainda, tem que crescer acima da média mundial”.

    O FMI prevê um crescimento do PIB global de 2,8% em 2023 e de 3% no ano que vem. Economistas consultados pelo BC preveem um crescimento de 1% para este ano e de 1,02% em 2024, segundo o mais recente relatório Focus.