Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Política pública se faz com orçamento, não com dinheiro dos acionistas da Petrobras, diz presidente do TCU

    Caso contrário, Bruno Dantas afirmou que seria preferível fechar o capital da estatal

    Bruno Dantas, presidente do TCU, defendeu que política pública se faça com dinheiro do orçamento
    Bruno Dantas, presidente do TCU, defendeu que política pública se faça com dinheiro do orçamento Grupo Esfera/Reprodução

    Da CNN*

    O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, afirmou nesta segunda-feira (15) que políticas públicas, como medidas da Petrobras para baixar o preço dos combustíveis, devem ser feitas com dinheiro do orçamento, e não com recursos da estatal.

    Ao contrário, seria preferível fechar o capital da empesa na bolsa de valores.

    “Precisa colocar as coisas nos seus devidos lugares. Pode-se fazer o que quiser, desde que dentro das categorias corretas. O que não dá é fazer política pública com dinheiro dos acionistas”, afirmou durante evento com a participação de empresários e outros membros do poder público.

    A mudança na política Preço de Paridade de Importação (PPI), medida adotada pela Petrobras que acompanha a flutuação do petróleo no mercado internacional, voltou ao radar do mercado após o presidente da estatal, Jean Paul Prates, afirmar, na sexta-feira (12), que mudanças devem ser anunciadas nesta semana.

    Neste domingo (14), a Petrobras reafirmou que estuda internamente mudanças na política de preço para diesel e gasolina.

    Segundo a companhia, as alterações serão analisadas pela diretoria executiva no início desta semana e podem “resultar em uma nova estratégia comercial para definição de preços” dos combustíveis.

    “Nesse sentido, a companhia esclarece que eventuais mudanças estarão pautadas em estudos técnicos, em observância às práticas de governança e os procedimentos internos aplicáveis”, informou a empresa.

    *Publicado por Gabriel Bosa