Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Precisamos de reforma tributária, diz Adriano Pires sobre preços de combustíveis

    Propostas de Emenda à Constituição devem ser colocadas em pauta nos próximos dias

    Duda Cambraiada CNN*Renata Souzada CNN

    em São Paulo

    Em entrevista à CNN, o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, Adriano Pires, defendeu que o país passe por uma reforma tributária, como uma das estratégias necessárias para conter a alta no preço dos combustíveis.

    “Precisamos de uma reforma tributária. Não dá para cobrar ICMS de gasolina, de diesel e até de energia elétrica, que é 29% na média do Brasil, ela desvaloriza. Não dá para ficar calculando ICMS a cada 15 dias, isso aumento o preço na bomba, isso aumenta a volatilidade”, afirmou Pires.

    Há a expectativa de que as propostas de Emenda à Constituição que tratam do preço dos combustíveis sejam pautadas nos próximos dias. Um dos textos foi apresentado pela Câmara dos Deputados e o outro pelo Senado Federal.

    A PEC é uma tentativa de conter o aumento no preços dos combustíveis, que ocorre desde o ano passado. Para Adriano Pires, neste ano ainda devemos ter aumentos, em razão dos preços internacionais e da desvalorização do real frente ao dólar.

    “O preço do barril e o câmbio continuam sendo aquela tempestade perfeita que acaba levando ao aumento do preços dos combustíveis na bomba”, explicou.

    O especialista defendeu ainda a posição do país enquanto exportador, e não mais importador, de petróleo. “A gente exportou no ano passado 1000 barris por dia de petróleo. Hoje o Brasil é o principal exportador de petróleo da América Latina“, afirmou.

    “A gente tem que usar também esse dinheiro do petróleo para beneficiar a sociedade, de alguma forma”, complementou Pires.

    *Sob supervisão