Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Preço dos combustíveis sobe no posto, mas ainda é mais barato que em janeiro

    Gasolina subiu 0,8% na semana e etanol aumentou 0,5%, mas, no ano, queda acumulada ainda é de 6,4% e 12,7%, respectivamente

    29/05/2018. REUTERS/Sergio Moraes
    29/05/2018. REUTERS/Sergio Moraes Foto: REUTERS/Sergio Moraes

    Luciano Costa, da

    Reuters

    Os preços médios dos combustíveis nos postos brasileiros subiram nesta semana, com o diesel e a gasolina registrando a 13ª alta semanal consecutiva, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira.

    O movimento acontece em meio a elevações pela Petrobras dos valores em suas refinarias– a estatal, que domina o mercado de refino no país, anunciou dois reajustes para o diesel e a gasolina nas últimas duas semanas.

    Leia também: 

    Book friday: Amazon dá descontos em mais de 21 mil livros até domingo

    A petroleira aumentou o preço do diesel em 2% e a gasolina em 4% na semana passada, enquanto nesta sexta-feira aplicou reajustes de 5% e de 6% para os dois combustíveis, respectivamente.

    As cotações na refinaria seguem a paridade de importação, segundo a Petrobras, com influência dos preços do petróleo no mercado global e do câmbio.

    O repasse dos reajustes aos consumidores finais nos postos, no entanto, depende de uma série de fatores, incluindo margem de distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro.

    Segundo a ANP, a gasolina foi vendida nas bombas dos postos por em média R$ 4,268 por litro nesta semana, com avanço de 0,76%.

    Já o diesel, combustível mais utilizado do Brasil, subiu 0,30%, para R$ 3,374 por litro.

    No etanol, os preços avançaram 0,47%, pela oitava semana, para média de R$ 2,782 por litro, apontou a agência.

    Apesar dos consecutivos avanços, os valores para os consumidores finais ainda acumulam queda no ano, de 6,36% para a gasolina e de 10,72% para o diesel. O etanol recuou 12,65% desde a primeira semana de janeiro, mostraram os números da ANP.

    Já os valores da Petrobras nas refinarias acumulam queda de 22,3% para o diesel e de 4,8% para a gasolina, segundo dados compilados pela Reuters após anúncios da companhia.

    Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

    Tópicos

    Tópicos