Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente da CNT defende política clara para combustíveis e concorrência para Petrobras

    Presidente da Confederação Nacional do Transporte falou com exclusividade à CNN sobre pesquisa realizada com empresários do segmento

    Do CNN Brasil Business

    Em São Paulo

    Em entrevista exclusiva à CNN, neste sábado (9), o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Vander Costa, defendeu uma “política clara” para combustíveis e “concorrência para a Petrobras“.

    Costa comentou os resultados de pesquisa promovida pela CNT. O levantamento mostrou que 87,5% dos empresários brasileiros do segmento de transporte rodoviário de carga são contrários à atual política de preços da Petrobras.

    O levantamento, feito com 464 empresários do segmento que atuam em todo o país, mostrou também que para 82,3% o preço do diesel é hoje a principal dificuldade enfrentada pelas empresas de transporte. E para 81,5%, o custo operacional de maior impacto é o valor do combustível.

    Costa destacou que o diesel é o insumo de maior impacto nos custos do transporte rodoviário de cargas.

    Nesse sentido, o presidente da CNT também defendeu a existência de “uma ferramenta para fazer com que o preço do óleo diesel seja tratado de forma diferenciada, tenha um tratamento social”, uma vez que o combustível é utilizado em várias modalidade de transporte como o rodoviário, o urbano e o público.

    Ainda sobre os combustíveis, Costa, diz que um “tratamento diferenciado” para o diesel é ainda mais necessário a partir do momento em que “o preço do combustível reflete na inflação”, encarecendo várias categorias de produtos.

    Veja mais no vídeo acima.