Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Reino Unido anuncia maior alta de juros em 33 anos para combater inflação

    Banco central britânico fez seu oitavo aumento da taxa de juros em menos de um ano, levando sua taxa de referência para 3%, a maior desde novembro de 2008

    Hanna Ziadydo CNN Business

    O Banco da Inglaterra elevou as taxas de juros em 0,75 ponto percentual nesta quinta-feira (3), o maior aumento em 33 anos, enquanto tenta conter a inflação crescente, mesmo quando a economia do Reino Unido desliza para a recessão.

    O banco central fez seu oitavo aumento da taxa de juros em menos de um ano, levando sua taxa de referência para 3%, a maior desde novembro de 2008.

    O aumento coincide com os movimentos feitos pelo Federal Reserve dos EUA na quarta-feira e pelo Banco Central Europeu na semana passada.

    Desde a última reunião do Banco da Inglaterra, os mercados financeiros do Reino Unido passaram por um período de turbulência sem precedentes e as perspectivas para a economia se deterioraram.

    O “mini” orçamento da ex-primeira-ministra Liz Truss no final de setembro – com sua promessa de 45 bilhões de libras (US$ 51,6 bilhões) de cortes de impostos não financiados – derrubou a libra, derrubou os preços dos títulos, provocou caos nos mercados hipotecários e provocou uma intervenção de emergência por parte do governo para salvar fundos de pensão da insolvência.

    Embora os planos de corte de impostos da Truss tenham sido amplamente abandonados, restaurando a calma nos mercados e diminuindo as expectativas de inflação no médio prazo, o aumento dos custos de alimentos e energia está mantendo os preços altos. A taxa anual de inflação subiu para 10,1% em setembro, de 9,9% em agosto, retornando à alta de 40 anos atingida em julho.

    Comentários do anúncio

    Os formuladores de políticas do banco central estão agora aguardando o anúncio do orçamento do governo em 17 de novembro para obter mais detalhes sobre planos de gastos e políticas fiscais, o que pode influenciar o que acontecerá com a inflação no próximo ano.

    Apesar da recente turbulência no mercado de títulos, o Banco da Inglaterra avançou esta semana com planos de reduzir seu balanço patrimonial, vendendo £ 750 milhões (US$ 859 milhões) em dívida pública de curto prazo na terça-feira.

    Em um sinal de confiança renovada no Reino Unido, os investidores colocaram cerca de 2,45 bilhões de libras (2,8 bilhões de dólares) em ofertas pelos títulos, informou a Reuters.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original