Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Renan Filho diz ter quatro acordos fechados com concessionárias envolvidas em processo de relicitações

    Segundo o ministro dos Transportes, para esses casos em que já se chegou a um consenso, o próximo passo é enviar para o Tribunal de Contas da União (TCU) para receber o aval da corte sobre essas resoluções

    Renan Filho destacou que não existe um prazo específico para a resolução dos processos de relicitações
    Renan Filho destacou que não existe um prazo específico para a resolução dos processos de relicitações José Cruz/Agência Brasil

    Elisa Calmon, do Estadão Conteúdo

    O ministro dos Transportes, Renan Filho, disse, durante coletiva sobre o leilão do primeiro lote de rodovias do Paraná, que tem, até o momento, quatro acordos fechados com concessionárias envolvidas em processo de relicitações. Contudo, ele não informou quais seriam esses contratos.

    Para esses casos em que já se chegou a um consenso, o próximo passo é enviar para o Tribunal de Contas da União (TCU) para receber o aval da corte sobre essas resoluções, ainda de acordo o ministro.

    Renan Filho destacou que não existe um prazo específico para a resolução dos processos de relicitações, considerados tema sensível para a atual gestão. “O ideal seria virar essa página em até três meses”, afirmou.

    No entanto, a expectativa é que as negociações andem após a decisão do TCU que permite que concessionárias desistam de devolver concessões problemáticas.

    Veja também: Empresa suíça arremata Aeroporto de Natal em 1º leilão do governo Lula