Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Startups da América Latina movimentam mais de US$ 14 bi em 2021, mostra estudo

    Mais de 60% dos negócios foram fechados no Brasil

    Dados são produto de uma pesquisa da empresa Movile
    Dados são produto de uma pesquisa da empresa Movile Pexels

    Lucas Janoneda CNN

    no Rio de Janeiro

    Mais de 2,1 mil startups da América Latina foram vendidas para investidores estrangeiros em 2021. Ao todo, os negócios renderam um valor aproximado de US$ 14,3 bilhões aos desenvolvedores.

    Os dados são produto de uma pesquisa da empresa Movile.

    O estudo, que também teve apoio da Distrito, plataforma de inovação para novas empresas, contou com a análise de mais de 5 mil startups, companhias recém-criadas e em fase de desenvolvimento.

    Do total de investimentos, mais de 60% dos aportes foram feitos em startups brasileiras.

    Logo em seguida aparecem as do México (20%) e Colômbia (11%).

    “Há uma tendência visível de crescimento no volume aportado na maior parte dos estágios nos quatro países analisados. Esse movimento é consequência de um ecossistema cada vez mais maduro, no qual as startups conseguem valuations maiores a cada rodada”, mostra o estudo.

    As fintechs, empresas com foco em serviços digitais, foram as mais buscadas pelos investidores: mais de 55% da procura.

    Em segundo lugar surgem as companhias Retail Techs, com foco em atender as demandas do segmento varejista.