Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tesla reduz preços de carros na China após tombo nas entregas

    Às 8h05 (de Brasília), a ação da Tesla sofria queda de 5,3% nos negócios do pré-mercado em Nova York

    Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

    A Tesla voltou a reduzir os preços de seus carros na China, após as entregas de veículos fabricados em Xangai despencarem em dezembro, encerrando um ano desafiador para a montadora americana de carros elétricos.

    Às 8h05 (de Brasília), a ação da Tesla sofria queda de 5,3% nos negócios do pré-mercado em Nova York.

    Em postagem numa rede social chinesa, a empresa comandada pelo bilionário Elon Musk disse que irá cortar os preços de seus dois carros mais populares no país — Model 3 e Model Y — entre 6% e 13%.

    Com isso, o Model 3 chinês ficará cerca de 30% mais barato do que nos EUA.

    A redução veio após as entregas da Tesla caírem para 55.796 unidades em dezembro, ante mais de 100 mil em novembro e 21% abaixo do volume de um ano antes, segundo dados publicados pela associação chinesa de carros de passeio.

    O número de dezembro foi o mais baixo desde julho, quando a produção da Tesla em Xangai foi suspensa para a renovação da fábrica local. No fechamento de quinta-feira (5), a ação da Tesla já acumulava perdas de mais de 10% desde o início de 2023.

    Com informações da Dow Jones Newswires.