Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja quem é Fernando Borges, presidente interino da Petrobras

    Borges assume o cargo por indicação do presidente do Conselho de Administração da empresa, Márcio Weber, em meio à crise com o governo sobre os reajustes dos combustíveis

    Fernando Assumpção Borges
    Fernando Assumpção Borges Divulgação

    Fabrício Juliãodo CNN Brasil Business

    em São Paulo

    A Petrobras anunciou o diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, Fernando Borges, como novo presidente interino da empresa.

    Ele assume o cargo após a renúncia de José Mauro Coelho, que deixou o comando da estatal nesta segunda-feira (20) em meio à pressão do governo e de uma parte do Conselho de Administração da Petrobras.

    Fernando Borges tem 38 anos de experiência profissional na companhia, e assume a presidência interinamente após indicação do presidente do Conselho de Administração, Márcio Andrade Weber.

    A mudança por indicação de Weber está prevista no Estatuto Social da companhia, que determina o exercício do cargo interinamente até a eleição do novo presidente.

    Carreira

    Fernando Assumpção Borges é graduado pela Universidade Federal de Uberlândia e possui MBA Executivo pela COPPEAD/UFRJ, além de ter participado do Programa de Gestão Avançada no Instituto Europeu de Administração de Empresas (Insead), na França.

    O presidente interino iniciou sua carreira na Petrobras em 1983, tendo ocupado diversas funções gerenciais na área de exploração e produção, na qual ocupava o cargo de diretor antes de assumir a presidência da estatal interinamente.

    Ele já atuou como gerente executivo na empresa, ocupando inicialmente a gerência executiva de libra e tornando-se depois gerente executivo de relacionamento externo.

    Em abril de 2016, Fernando Borges assumiu a direção do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), onde ficou à frente até março de 2020. Atualmente ele continua como membro do conselho do IBP.

    Por indicação da própria Petrobras, ele exerce a função de diretor da Associação Brasileira de Empresas de Exploração e Produção de Petróleo e Gás (ABEP) também desde 2016.