Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vendas no varejo devem subir 2,1% em maio, aponta FGV 

    Especialista afirma que aumento no índice está relacionado a flexibilização de medidas restritivas no Brasil

    Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

     

    Comércio, varejo, dia das mães
    Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

     

    As vendas no comércio varejista devem subir 2,1% em maio, na comparação com o mês anterior, de acordo com a previsão feita à CNN pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-IBRE) nesta terça-feira (06). O setor varejista segue uma tendência de alta nas arrecadações, já que em abril o segmento registrou uma ampliação de 1,8%. 

    Para o Coordenador da Sondagem do Comércio do FGV IBRE, Rodolpho Tobler, os bons resultados do comércio nacional estão relacionados a uma gradual flexibilização das medidas restritivas contra o novo coronavírus. 

     

    “Ao mesmo tempo que as restrições contra a Covid-19 vão diminuindo no país, a economia vai se recuperando. Maio já foi um mês com poucas medidas restritivas, maior circulação de pessoas. Tudo isso estimula as pessoas a saírem e consumir”, destacou Rodolpho. 

    O coordenador da FGV IBRE também ressaltou que o crescimento nas vendas deve acontecer em todos os segmentos analisados.   

    “Não vejo o crescimento exponencial de algum setor específico, acho sim que todos os segmentos vão registrar bons números. Prevejo uma alta na venda dos eletrodomésticos, nos supermercados, vestuários.. e por aí vai”, finalizou. 

    O resultado oficial sobre as vendas do comércio varejista no Brasil vai acontecer nesta quarta-feira (06), quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga a Pesquisa Mensal do Comércio.

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN