Festival Glastonbury é cancelado por causa da pandemia de coronavírus


Da CNN Brasil, em São Paulo
18 de março de 2020 às 09:53 | Atualizado 18 de março de 2020 às 09:54
Glastonbury deste ano contaria com atrações como Paul McCartney e Taylor Swift

Glastonbury deste ano contaria com atrações como Paul McCartney e Taylor Swift

Foto: Reuters/ Reprodução

O festival de música britânico Glastonbury deste ano foi cancelado em razão da pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (18) pelos organizadores do evento.

"Sentimos muito por anunciar isso, mas o Glastonbury 2020 terá que ser cancelado", segundo a nota oficial. "Claramente esta não era a decisão que queríamos tomar na edição do nosso aniversário de 50 anos, mas seguindo as novas medidas anunciadas pelo governo nesta semana - e em tempos de tanta incerteza sem precedentes - esta é, agora, nossa única opção viável."

Leia também:

Festival Coachella é adiado em sete meses por causa do novo coronavírus

Coronavírus: ibuprofeno e cortisona não são recomendados para sintomas

O comunicado diz ainda que espera-se que a situação no Reino Unido melhore até o fim de junho, mas, mesmo assim, a organização não tem como permitir que os milhares de funcionários trabalhem no local onde o evento é realizado pelos próximos três meses.

"Gostaríamos de enviar nossas sinceras desculpas às 135 mil pessoas que compraram ingressos para o Glastonbury 2020", informa a nota, acrescentando que será possível solicitar o reembolso ou usar o valor investido para garantir o ingresso da edição de 2021.

Leia também:

Por que a Itália soma tantas mortes a mais que a Coreia do Sul por coronavírus

A edição deste ano, que marca os 50 anos do festival, contaria com atrações como Paul McCartney, Taylor Swift, Kendrick Lamar, Diana Ross e o brasileiro Gilberto Gil.

(Com Reuters)