Grande nome do country, Kenny Rogers morre aos 81 anos


Da CNN Brasil, em São Paulo
21 de março de 2020 às 06:24
Kenny Rogers em apresentação em Nashville, Tennessee

Kenny Rogers em apresentação em Nashville, Tennessee

Foto: Reuters (11.jun.2005)

Kenny Rogers, dono de uma carreira musical de quase seis décadas, morreu aos 81 anos nesta sexta (20). De acordo com a família do artista, a morte foi de causas naturais.

Três vezes vencedor do Grammy, Rogers vendeu 50 milhões de álbuns só nos Estados Unidos. Uma de suas músicas mais conhecidas é o dueto com Dolly Parton, "Islands in the Stream". 

"Kenny Rogers deixou uma marca indelével na história da música americana. Suas composições encantaram amantes da música e tocaram a vida de milhões em todo o mundo", diz o agente de Rogers, Keith Hagan.

Segundo Hagan, a família de Rogers está planejando um velório para poucas pessoas, por conta da pandemia do coronavírus, mas que espera poder celebrar abertamente a vida de Kenny com seus amigos e fãs em breve.