Teatro PetraGold lança iniciativa para ajudar o setor durante a pandemia

O 'Ingresso Solidário' projeta contemplar até 200 famílias com um auxílio mensal de R$500 e terá três tipos de modalidades

Da CNN, em São Paulo
26 de maio de 2020 às 00:03

Artistas se unem na ação 'Ingresso Solidário', um fundo emergencial para técnicos e artistas do segmento teatral afetados pela pandemia da Covid-19, que faz parte de uma iniciativa do Teatro PetraGold, localizado no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro. Em entrevista a CNN, André Junqueira, diretor do Teatro PetraGold, explica que o projeto nasceu para ajudar o setor, que foi paralisado pela pandemia. 

“A campanha surgiu em função da necessidade de ajudar profissionais do ramo teatral e nasceu do CEO da PetraGold, Eduardo Braulio Wanderlei, que busca manter os funcionários do teatro contratados e recebendo salários em dia.”

O projeto começou em 8 de maio e vai até o final de junho como um auxílio aos profissionais mais impactados pela pandemia do novo coronavírus, que desde março interrompeu as produções artísticas pelo País. O Ingresso Solidário projeta contemplar até 200 famílias com um auxílio mensal de R$500 e terá três tipos de modalidades, segundo Junqueira.

“Temos três modalidade de compras de ingressos: o primeiro é o ingresso solidário, em que a pessoa ganha direito de assistir o espetáculo quando ele entrar em cartaz, depois há o ingresso nova plateia, em que pessoas de fora da cidade podem comprar os ingressos cuja metade do valor vai para a família dos técnicos e artista do setor através de um fundo emergencial, e por último a doação.”

A iniciativa já está aberta a profissionais de todo Brasil que comprovarem a necessidade da remuneração, e não inclui técnicos e artistas do Teatro PetraGold, uma vez que os próprios funcionários do teatro estão e continuarão recebendo seus salários de forma integral e em dia.