Após suspeita de Covid-19, Camila Pitanga anuncia que está com malária


Fabricio Julião*, da CNN, em São Paulo
11 de agosto de 2020 às 11:07 | Atualizado 11 de agosto de 2020 às 14:10
A atriz Camila Pitanga

A atriz Camila Pitanga

Foto: Reprodução/ caiapitanga/ Facebook

A atriz Camila Pitanga revelou nesta terça-feira (11) que está com malária, após apresentar sintomas como febre alta e calafrios. Ela afirmou que tinha a suspeita de estar infectada com Covid-19, mas realizou o teste PCR, que confirmou o resultado negativo. 

"Os resultados dos exames saíram dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados. O tratamento é gratuito", afirmou, por meio de suas redes sociais. 

Leia mais:

Antonio Banderas anuncia que está com Covid-19 no dia de seu aniversário

A atriz disse que sua amiga suspeitou de malária devido ao seu isolamento em uma zona da Mata Atlântica, no litoral de São Paulo. "Uma vez que a suspeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas", disse. 

Camila contou que foi ao Hospital das Clínicas, onde foi atendida por uma equipe composta 100% por mulheres. Ela agradeceu as doutoras e agentes de saúde que cuidaram de seu caso. 

Por fim a atriz, que também é Embaixadora Nacional da ONU Mulheres, parabenizou todos os profissionais de saúde do Brasil e ressaltou a importância do SUS.

"Faço cá meus votos de gratidão a todas e todos agentes de saúde, que além de estarem na trincheira nessa luta contra a Covid-19, estão aí atendendo inúmeras outras demandas com seu profissionalismo em meio a condições e incertezas muito grandes", disse. "Estamos num país onde uma doença matou mais de 100 mil pessoas em poucos meses. Esse número poderia ser o triplo ou mais se não fosse o SUS. A catástrofe seria ainda maior", completou.

(*Sob supervisão de Julyanne Jucá)