Atriz Evan Rachel Wood acusa Marilyn Manson de abusos durante relacionamento

A declaração de Evan Rachel Wood levou outras mulheres vítimas do cantor a se pronunciarem nas redes sociais

Larissa Santos, colaboração para a CNN
01 de fevereiro de 2021 às 17:04
Evan Rachel Wood
Foto: Reprodução/ Instagram

Em uma publicação no perfil que mantém no Instagram, a atriz e modelo Evan Rachel Wood, de 33 anos, acusou o cantor Marilyn Manson de anos de abuso sexual e psicológico. Marilyn e Evan começaram um relacionamento em 2007, quando ela tinha 19 anos e o cantor, 38.

“O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido mundialmente como Marilyn Manson. Ele começou a me assediar quando eu era uma adolescente e abusou horrivelmente por anos. Eu sofria lavagem cerebral e fui manipulada para ser submissa. Estou cansada de viver com medo de retaliação, calúnia ou chantagem. Estou aqui para expor este homem perigoso e chamar a atenção para as muitas indústrias que o permitem atuar, antes que ele destrua muitas outras vidas. Eu estou ao lado das muitas vítimas que não vão mais se silenciar”, escreveu Rachel.

Essa não é a primeira vez que a atriz fala sobre ter sofrido abusos. Em 2019, Wood publicou um vídeo em suas redes sociais no qual chorava e dizia: “Eu penso nele todos os dias, de um jeito ou de outro”.

Ela disse que “não estava bem, pois não importava quanto trabalho fazia ou já havia feito, ainda estava procurando por ter paz e por se sentir segura”. “ Eu não estou bem porque não me lembro como é não sentir medo”. Nessa primeira publicação, em nenhum momento, ela citou o nome de Manson.

Wood faz um trabalho como ativista em movimentos que auxiliam vítimas de abusos. Em 2018, a atriz testemunhou no Sub Comitê Judiciário da Câmara dos Estados Unidos para defender os atos de declaração de direitos dos sobreviventes de agressões sexuais em todos os estados americanos. No relato forte e chocante, ela contava que, além do abuso, sofreu ameaças de morte.

Evan Rachel Wood
Foto: Reprodução/ Twitter

No ano seguinte, Evan foi a autora do projeto da Lei de Phoenix, que prevê que vítimas de violência doméstica tenham mais tempo para denunciar seus agressores, de 3 para 5 anos. Na época, a atriz contou ter sido estuprada em relacionamento que teve há mais de 10 anos, data que coincide com o momento em que namorava Marilyn Manson.

Evan e Manson anunciaram um namoro em 2007 e, entre idas e vindas, mantiveram o relacionamento até 2010, ano em que anunciaram um noivado, mas terminaram antes de se casarem.

Marilyn Manson não se pronunciou sobre o assunto até o momento. O cantor é líder da banda de nome homônimo e é conhecido pelo visual excêntrico e por canções polêmicas.

Já Evan Rachel Wood tem uma longa carreira de sucesso como atriz. Hoje, estrela a série premiada “Westworld”, da HBO. Também é conhecida pelos papéis em “Aos treze” (2003), “True Blood” (2009-2011) e Across the Universe (2007).

Outras vítimas se pronunciaram

A declaração de Evan Rachel Wood levou outras mulheres vítimas do cantor a se pronunciarem nas redes sociais. As modelos Sarah McNeilly e Ashley Lindsay Morgan relataram suas experiências de abuso com o cantor.