Trabalho doméstico não remunerado revela face invisível da desigualdade

Da CNN, em São Paulo
23 de março de 2021 às 09:00

No Brasil, não há uma face menos dura do trabalho doméstico. Dentro dos próprios lares, as mulheres dedicam, em média, 10,4 horas a mais por semana do que os homens nas tarefas de casa. É o que pesquisadoras como a italiana Silvia Federici chamam de trabalho doméstico não remunerado. A face remunerada desse trabalho, no entanto, não é menos cruel. 

O Brasil é o país com o maior contingente de empregadas domésticas em todo o mundo: são mais de 5,7 milhões de mulheres desempenhando esse trabalho, na maioria das vezes de forma precarizada. Basta lembrar que fomos um dos últimos países a abolir a escravidão para induzir qual é o perfil dessas trabalhadoras: mulheres negras e pobres. 

Atravessado por questões raciais e socioeconômicas, o debate sobre o trabalho doméstico no Brasil ganhou ainda mais urgência na pandemia. Milhares de mulheres viram-se encurraladas pelo trabalho reprodutivo por todos os lados. Ao mesmo tempo em que foram obrigadas a dedicar-se mais aos filhos e aos cuidados de idosos e doentes dentro de casa, não puderam abandonar o trabalho remunerado.

As contradições e desafios para superar a divisão sexual do trabalho é o tema deste episódio do Entre Vozes. A criadora de conteúdo e palestrante Verônica Oliveira traz na bagagem algumas experiências em comum com grande parte das trabalhadoras domésticas no Brasil. Mulher negra, mãe solo, periférica e faxineira, Verônica criou a empresa Faxina Boa na tentativa de empoderar outras mulheres com vivências semelhantes a sua. Na conversa com Luciana Barreto, ela fala sobre racismo, dupla jornada e desvalorização do trabalho doméstico. Também participa da conversa Hildete Pereira de Araújo, coordenadora do Núcleo Transdisciplinar de Estudo de Gênero da Universidade Federal Fluminense.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

E Tem Mais

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast Entre Vozes, com Luciana Barreto
Foto: Arte CNN Brasil