Plataforma online aproxima artistas do público em meio à pandemia

Plataforma 'Cultura em Casa', que reúne peças feitas em São Paulo, foi vista por quase 6 milhões de pessoas em 135 países

Tiago Américo, da CNN, em São Paulo
30 de maio de 2021 às 17:08

Algumas atividades culturais estão voltando a funcionar aos poucos, após mais de um ano de pandemia. Nesse tempo, o setor cultural - que corresponde a 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro - se reinventou e as transmissões pela internet garantiram trabalho para artistas e proximidade com o público.

A plataforma online Cultura em Casa, criada pelo governo de São Paulo, ampliou o alcance da cultura brasileira em 135 países. Em um ano, tudo que foi apresentado nos palcos do estado chegou a quase 6 milhões de espectadores do mundo todo.

Foi o empurrão para que o setor não parasse por completo, garantindo trabalho para 13 mil profissionais do setor. "A cultura vive de aglomerar pessoas. O que o artista quer é estar no palco, ainda que sem plateia - com uma plateia virtual, mas ainda é o exercício do artista", conta o diretor artístico Zé Mauro.

"Ter sido possível não suspender essa atividade, contratando e produzindo espetáculo, é importante para o setor, porque dá a manutenção material dos artistas e técnicos que não é assistencial, são cachês em torno dessa atividade artística."

Plataforma online aproxima artistas do público em meio à pandemia (30.Mai.2021)
Foto: Reprodução/CNN

O diretor Marcelo Varzea criou uma peça a partir de um curso online de atores. O espetáculo é transmitido pela internet e o público pode interagir à distância. "A gente ganhou outras oportunidades, que é se iluminar, criar uma trilha sonora. O trabalho do ator e da atriz aparecem nesse tempo", afirmou à CNN.

A Pinacoteca de São Paulo também abriu as portas para quem estava com saudade de sentir arte presencialmente.

A exposição também está disponível on-line, mas para muita gente, nada substitui o contato artista e público. "Aqui é outra energia: a energia mais gostosa... Você vê, está presente... É como se você participasse do evento de verdade", disse a consultora de beleza Priscila Barros.