Ronaldinho Gaúcho está disposto e sorrindo, diz diretor de prisão no Paraguai


10 de março de 2020 às 05:48
onaldinho é escoltado por policiais no Paraguai

onaldinho é escoltado por policiais no Paraguai

Foto: Jorge Adorno/ Reuters

Ronaldinho Gaúcho, ex-astro do Brasil e do Barcelona, está se adaptando rapidamente à vida em uma prisão no Paraguai, disse o chefe da instalação à Reuters nesta segunda-feira (9).

"Em termos gerais, ele está indo muito bem", disse o diretor Blas Vera em uma entrevista por telefone. "Vejo que ele está bem disposto, do jeito que você o vê na televisão, sempre sorrindo."

O ex-jogador e o irmão dele, Assis, foram presos na sexta-feira (6) por uso de passaportes paraguaios falsos.

Vera disse que Ronaldinho e Assis irão se apresentar perante um juiz nesta terça (10). O advogado Sérgio Queiroz, que representa o ex-jogador e Assis, disse que seus clientes têm esperança de ir para prisão domiciliar em breve, enquanto a investigação ocorre

Vera disse que o ex-meia-atacante do Paris St-Germain e do Milan e seu irmão têm camas, uma televisão e um ventilador em uma cela na prisão, situada nos arredores da capital Assunção.

Os irmãos usam um banheiro comunitário e têm direito de usar o pátio externo com frequência.

Os advogados da dupla têm proporcionado as refeições, e eles não comeram a comida oferecida pela prisão.

A instalação de segurança máxima tem cerca de 195 detentos, entre eles políticos e policiais acusados de corrupção e traficantes de droga renomados.

Os prisioneiros mais perigosos estão em uma ala diferente da de Ronaldinho, explicou Vera, acrescentando que está trabalhando para que a estada dos irmãos seja "tão confortável quanto possível".

Carlos Gamarra, ex-capitão da seleção do Paraguai que também jogou em vários times do Brasil, visitou Ronaldinho com um grupo de ex-jogadores no domingo.

Vera disse que outras pessoas presentes para a visita de praxe de domingo fizeram amizade com o brasileiro.

"Também havia um grupo de meninos e meninas, e ele lhes deu as boas-vindas, abraçou-os e bateu papo com eles", contou.

Ronaldinho, que no ano passado foi nomeado embaixador do turismo do governo do Brasil, foi convidado ao Paraguai pelo proprietário de um cassino local e chegou na quarta-feira (4) para participar de eventos no país.

Apesar de ter jogado profissionalmente pela última vez em 2015, Ronaldinho ainda é imensamente popular entre torcedores de futebol e anunciantes de todo o mundo.

Ele conquistou a Copa do Mundo com o Brasil em 2002 e a Liga dos Campeões com o Barcelona em 2006, e foi eleito Jogador do Ano da Fifa em 2004 e 2005.