Falcão reúne ex-jogadores da Seleção de 82 para pedir doações a projeto social


Da CNN, em São Paulo
12 de abril de 2020 às 16:28
 
 
 
O ex-jogador Falcão retomou o contato com os companheiros da Seleção Brasileira de 1982 e pediu que gravassem um vídeo para arrecadar doações ao movimento Mães da Favela, que atende mulheres nas comunidades brasileiras.
 
"Eu estava em casa, pensando e repensando numa maneira de ajudar nesse momento difícil do coronavírus e me ocorreu a ideia de levar para campo de novo a Seleção de 1982. Talvez porque ela tinha muita união nos jogos, muita criatividade, fazia um trabalho coletivo dentro do campo e também porque emocionou as pessoas", explicou Falcão, que contou com depoimentos de Júnior, Eder, Toninho Cerezo e Serginho Chulapa.
 
"Como vivemos num momento em que todos tem que se ajudar, e de muita emoção, com muita gente perdendo pessoas muito próximas, conversei com eles, montei em casa umas frases e pedi que cada um disesse uma. Editamos tudo e fizemos um vídeo pedindo doações para o Mães da Favela", continua.
 
"Fomos felizes e ficamos agradecidos pelo retorno fantástico das pessoas procurando ajudar os necessitados. [A Seleção de] 82 entrou em campo de novo para fazer uma pequena participação, mas certamente em um momento importante. Por convicção as pessoas tiveram prazer de rever, mesmo que sendo em um vídeo pequeno e curto", finaliza o ex-jogador.