Ronaldo Jacaré testa positivo para Covid-19 e tem luta cancelada no UFC 249

Diego Freire, da CNN, em São Paulo
09 de maio de 2020 às 04:12 | Atualizado 09 de maio de 2020 às 04:34
O lutador Ronaldo 'Jacaré' Souza em pesagem para o UFC 249, realizada horas antes do lutador testar positivo para o novo coronavírus
Foto: Instagram/ Reprodução

O lutador brasileiro Ronaldo "Jacaré" Souza foi eliminado do card preliminar do UFC 249 após testar positivo para o novo coronavírus (Covid-19). Ele enfrentaria o americano Uriah Hall no único combate peso-médio até então previsto para o evento, que será realizado em Jacksonville, na Flórida, neste sábado (9). 

A informação foi confirmada pelo UFC em nota oficial. Segundo os organizadores, dois corners (membros da equipe técnica que acompanha Jacaré nas lutas) também testaram positivo. Os nomes dos dois apoiadores não foi divulgado. 

Ainda de acordo com o comunicado oficial, o lutador e seus assistentes se encontram assintomáticos. Assim que o resultado do exame foi conhecido, os três deixaram o hotel em que se encontravam e se isolarão fora das instalações utilizadas pelo UFC, com acompanhamento de uma equipe médica que avaliará o andamento dos quadros clínicos. 

Os organizadores afirmam que o brasileiro, assim como todos os outros lutadores, seguem protocolos de saúde e segurança para reduzir riscos de contágio, incluindo distanciamento social e uso de equipamentos de proteção. 

Outros atletas que participarão do evento foram testados e, de acordo com o UFC, não há registro de outras casos positivos.  

Contestado por ocorrer em meio à pandemia de coronavírus, nos Estados Unidos - país que contabiliza o maior número de casos e óbitos pela doença -, o UFC 249 está previsto para ocorrer neste sábado em Jacksonville, na Flórida. Originalmente, o evento ocorreria em Nova York, em abril, mas foi suspenso durante o momento mais crítico da doença na maior cidade americana.

A organização afirma que as outras onze lutas do card do evento acontecerão normalmente, incluindo o combate principal entre Tony Ferguson e Justin Gaethje.