Federação sugere volta do Carioca nesta quinta, com jogo Bangu x Flamengo


Fabrizio Neitzke da CNN
16 de junho de 2020 às 03:37 | Atualizado 16 de junho de 2020 às 03:48
Flamengo e Vasco

Flamengo e Vasco se enfrentam pelo Campeonato Carioca 2020 no dia 22 de janeiro

Foto: Marcelo Cortês/Flamengo/Fotos Públicas

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) divulgou na madrugada desta terça-feira (16) a data de reinício do Campeonato Carioca. Bangu e Flamengo devem se enfrentar na próxima quinta-feira, 18, em confronto válido pela Taça Rio. A Federação aguarda apenas o aval do governo do estado e da prefeitura da capital fluminense. 

A decisão foi tomada após o Conselho Arbitral da entidade, realizado na noite de segunda-feira com os dirigentes dos clubes da primeira divisão do torneio. Entre os temas debatidos, estavam a alteração na regra de substituições, a utilização de atletas não profissionais e o atestado de saúde. Nesta terça, o Conselho deve ser retomado para a definição de outras temas. 

Veja, abaixo, as datas de jogos sugeridos pela Ferj após Conselho Arbitral:

Dia 18 - Bangu x Flamengo

Dia 19 - Portuguesa x Boavista

Dia 21 - Vasco x Macaé; Madureira x Resende

Dia 22 - Fluminense x Volta Redonda; Botafogo x Cabofriense

Para a conclusão do Campeonato Carioca de 2020, segundo a tabela original, ainda restam duas rodadas da Taça Rio (o segundo turno da competição) e as fases finais.


Com o novo calendário, os outros três grandes do Rio devem jogar já no final de semana. No sábado, o Vasco recebe o Macaé. No domingo, o Fluminense encara o Volta Redonda, enquanto o Botafogo pega a Cabofriense.

O Fluminense e o Botafogo, entretanto, comunicaram à Federação que não irão jogar. Os clubes alegam falta de segurança em meio à pandemia do novo coronavírus e pouco tempo para retomada dos treinos. Tanto o elenco tricolor quanto o alvinegro ainda não reiniciaram as atividades coletivas em seus CTs.

Caso as equipes de fato se negarem a entrar em campo, as penas podem ser severas. O regulamento prevê rebaixamento automático para as associações que desistirem ou abandonarem a competição, além de uma multa.

Em um comunicado através de seu site oficial, o presidente da FERJ, Rubens Lopes, afirmou "não abrir mão dos pilares de preservação da saúde individual e coletiva e contribuir ao combate à disseminação da Covid-19". 

Paralisada em março por conta do avanço da pandemia no Brasil, a Taça Rio tinha apenas três rodadas disputadas. No grupo A, o Flamengo era líder com nove pontos, seguido pelo Bangu, com seis. No grupo B, o Fluminense era líder com nove, enquanto o Madureira era o segundo colocado, com três pontos a menos. O Rubro-Negro venceu a Taça Guanabara, o primeiro turno do torneio.

Mais de 80 mil casos de Covid-19 foram registrados no estado do Rio de Janeiro, com 7728 mortes confirmadas.