Retorno do Paulista só ocorreu após aval das autoridades, diz Mauro Silva

Campeonato Paulista retorna nesta quarta-feira (22) após paralisação de quatro meses

Da CNN, em São Paulo
22 de julho de 2020 às 21:36

Membro da seleção campeã da Copa do Mundo de 1994 e atualmente vice-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Mauro Silva falou sobre a volta do futebol no estado de São Paulo em entrevista à CNN nesta quarta-feira (22). Silva ressaltou que os clubes não forçaram o retorno, que segundo ele só ocorreu após autorização das autoridades sanitárias e conversas com as entidades envolvidas no futebol.

"A construção do protocolo de retorno ocorreu com tranquilidade, priorizando a saúde. Conversamos com sindicatos, Ministério Público, governo do estado e comitê de contingência para tomar uma decisão em conjunto."

Leia também:

'Volta será difícil e com muitos protocolos', diz médico da FPF

Arena Corinthians amanhece com pichações alusivas ao Palmeiras em dia de dérbi

Silva ressaltou que a paralisação de quatro meses do futebol profissional no Brasil foi algo inédito na era moderna do futebol no país, e que por conta disso os times terão um calendário intenso pela frente.

Sobre os protocolos de jogo, o vice-presidente da FPF relembrou a divisão dos estádios em três setores para diminuir a circulação em ambientes fechados e disse que os jogadores que irão atuar no campeonato estão todos em isolamento organizados pelos clubes.

"Criamos protocolo de jogo que irá dividir os estádios em três setores, tentando minimizar os contatos. Estamos falando dos 16 clubes com mais estrutura no estado de São Paulo, que estão realizando concentrações isolados. É um desafio enorme e sem precedentes."

(Edição: Bernardo Barbosa)