Uma semana após quebrar braço, Marc Márquez pode disputar etapa da Moto GP

Piloto espanhol hexacampeão da categoria foi aprovado em avaliação física pelos comissários da categoria; previsão era que ele voltasse apenas em agosto

Da CNN
23 de julho de 2020 às 11:34 | Atualizado 24 de julho de 2020 às 11:30
Marc Márquez foi declarado apto a disputar corrida da MotoGP apenas 4 dias após quebrar braço
Foto: Gold & Goose - 15.jul.2020/ Red Bull Content Pool

O hexacampeão da MotoGP Marc Márquez foi declarado apto para competir no Grande Prêmio da Andaluzia no próximo fim de semana, no circuito de Jerez. A corrida será apenas 7 dias depois de o piloto quebrar o braço no Grande Prêmio da Espanha. Ele quebrou o braço ao cair a quatro voltas do final da corrida disputada em Jerez, no domingo (19). 

Márquez fez uma avaliação física nesta quinta, dois dias após ser submetido a uma cirurgia no braço direito. O espanhol passou por uma operação em Barcelona na terça-feira, que envolveu a fixação de uma placa de titânio no úmero de seu braço direito.

"Márquez chegou ao Circuito de Jerez-Angel Nieto na quinta-feira, vindo de Barcelona, e passou no ansiosamente aguardado teste de condicionamento físico, que agora o levará ao circuito a bordo da sua RC213V neste fim de semana", disse a MotoGP, em comunicado, em referência à moto pilotada pelo espanhol.

Assista e leia também:

Sem público e marcada por protestos, estreia da F1 em 2020 tem Bottas vencedor

F1 vai incluir mais corridas na Europa no calendário; GP do Brasil corre risco

Com isso, ele deve participar das sessões de treino livre e de qualificação no sábado (25) e, então, definir se participa da corrida no domingo.

No começo da manhã, a Repsol Honda, equipe de Márquez, havia informado pelo Twitter que ele estava a caminho do circuito. “Mais [notícias] em breve”, escreveu o time, antes da avaliação física, enquanto preparava a moto do campeão.

Inicialmente, a previsão da equipe era que ele voltasse a correr apenas em agosto, na terceira prova da temporada, na República Checa.

O piloto da LCR Honda, Cal Crutchlow, que não disputou a abertura da temporada devido a uma fratura no pulso em um acidente durante uma sessão de aquecimento no domingo passado, também foi aprovado para a corrida.

Alex Rins, da Suzuki Ecstar, também passou nos testes físicos para correr neste fim de semana, depois de deslocar o ombro direito em uma queda na qualificação do fim de semana passado.

(Com informações da Reuters)