Portuguesa é patrimônio de São Paulo que está se degradando, diz Paulo Calçade

Clube não joga em nenhuma divisão do futebol nacional

Da CNN
14 de agosto de 2020 às 14:49 | Atualizado 14 de agosto de 2020 às 15:41

Há 100 anos era fundada a Associação Portuguesa de Desportos, a Lusa. O clube já foi finalista do Campeonato Brasileiro e adquiriu muita fama e respeito dos amantes do futebol. Mas a situação atual é completamente diferente ao que seu torcedor está acostumado. Com diversas dívidas e sem nenhuma divisão para jogar no futebol nacional, a Lusa luta para se reerguer no ano que comemora seu centenário.

Para o jornalista Paulo Calçade, comentarista dos canais ESPN, a reabilitação do clube é quase inviável, uma vez que, atualmente, o clube vive uma das piores crises da sua história, afundado em dívidas de cerca de R$ 350 milhões. 

"A Portuguesa tem esta simpatia de um segundo clube, não é um time que tem aquela rivalidade que conhecemos. Talvez a geração mais nova não entendam o que foi o clube, mas quem viveu o futebol lá atrás, sabe.  A Lusa é um patrimônio da cidade de São Paulo e ela foi se degradando e esta é uma grande tristeza para todos nós. Ela produzia ótimos jogadores e de repente, todas as bases ruíram", observou o jornalista Paulo Calçade, comentarista dos canais ESPN.

Leia também:

Leilão de itens de ídolos do futebol arrecadará dinheiro para combater Covid-19

Paulo Calçade, comentarista dos canais ESPN
Foto: Reprodução/CNN

Calçade ainda vê dificuldades na gestão. "O time é vítima da incapacidade de se modernizar o futebol brasileiro. Este mundo dos negócios que futebol brasileiro não conseguiu entender. E a gestão do clube, quando não era amadora, era fraudulenta. Muitos que passaram pelo clube podiam até dizer que amavam o clube, mas no fundo, amavam outra coisa.", finalizou.

(Edição: Leonardo Lellis)