Brasil estreia nas Eliminatórias e goleia Bolívia em vitória fácil

O técnico Tite fez cinco substituições ao longo da partida, aproveitando para testar diferentes formações

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo
09 de outubro de 2020 às 23:52
Atacante Neymar, da Seleção Brasileira, durante jogo contra Bolívia
Foto: Miguel Schincariol/CBF

A Seleção Brasileira pouco suou para vencer a Bolívia na partida de estreia das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar em 2022. O time comandado por Tite goleou os rivais por 5 a 0 na partida que foi disputada nesta sexta-feira (9) na Neo Química Arena, em São Paulo.

Os gols do Brasil foram marcados por Roberto Firmino (duas vezes), Marquinhos e Philippe Coutinho, além de um gol contra do zagueiro boliviano Carrasco. 

O técnico Tite fez cinco substituições ao longo da partida, aproveitando para testar diferentes formações, principalmente no ataque da seleção. Com exceção de Neymar, em campo durante os 90 minutos, Philippe Coutinho, Everton e Firmino deram lugar, respectivamente, à Everton Ribeiro, Rodrygo e Richarlison.

Apesar de não ter anotado o seu -- chegou perto, mas a arbitragem corretamente identificou um impedimento -- o atacante do PSG fez um bom jogo e esteve envolvido na grande maioria das boas jogadas do time do Brasil.

Assista e leia também:

E Tem Mais: Os protestos no esporte: atletas podem se manifestar politicamente?

Time de futebol dos EUA abandona jogo em protesto por ofensa homofóbica

A defesa do Brasil foi pouco testada e é difícil medir seu desempenho pelo jogo de hoje. Ao longo do jogo, Tite substituiu Thiago Silva por Felipe e Renan Lodi, em jogo inspirado à esquerda do campo, por Alex Telles.

A partida da Seleção Brasileira fechou a primeira rodada das Eliminatórias. Ontem, o Paraguai empatou com o Peru em 2 a 2, o Uruguai venceu o Chile por 2 a 1 e a Argentina derrotou o Equador por 1 a 0. Nesta sexta mais cedo, a Colômbia bateu a Venezuela por 3 a 0.

O Brasil volta a campo na terça-feira, contra o Peru em Lima. A Bolívia joga no mesmo dia, contra a Argentina em La Paz.

BRASIL

Weverton; Danilo, Thiago Silva (Felipe), Marquinhos e Renan Lodi (Alex Telles); Casemiro, Douglas Luiz e Philippe Coutinho (Everton Ribeiro); Neymar, Everton (Rodrygo) e Roberto Firmino (Richarlison)

Técnico: Tite

BOLÍVIA

Lampe; Jesús Sagredo, Carrasco, Valverde e José Sagredo; Wayar (Zabala), Bustamante (Franz Gonzales) e Árabe (Cardozo); Menacho (Jhasmani Campos), Saldías (Céspedes) e Bruno Miranda.

Técnico: César Farias