Hamilton vence GP de Eifel e iguala recorde de Schumacher


Gabriel Ferneda Da CNN, em São Paulo
11 de outubro de 2020 às 11:18 | Atualizado 11 de outubro de 2020 às 16:16
O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP de Eifel, na Alemanha, na manhã deste domingo (11). Esta é a sétima vitória de Hamilton na atual temporada, em dez provas disputadas.

Hamilton igualou o recorde do heptacampeão Michael Schumacher de 91 vitórias na história da Fórmula 1. Ao final da corrida, ele recebeu de presente um capacete entregue pelo filho do piloto alemão, Mick Schumacher.

Max Verstappen, da RBR, ficou em segundo lugar, e Daniel Ricciardo, da Renault, fechou o pódio em terceiro. É o primeiro pódio da Renault desde o GP da Malásia de 2011, quando Nick Heidfeld terminou em terceiro.

Carlos Sainz, da McLaren, ficou em quarto, seguido por Pierre Gasly (AlphaTauri) e Charles Leclerc (Ferrari).

Leia e assista também

Hamilton é contra derrubada de floresta para construir novo circuito no Rio

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton ergue o capacete de Michael Schumacher ao igualar recorde de vitórias do heptacampeão

Foto: Divulgação/F1


Completaram os dez primeiros colocados: Nico Hulkenberg (Racing Point), Romain Grosjean (Hass) e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo).

Companheiro de Hamilton na Mercedes, Bottas abandonou a prova na 19ª volta, após problemas na parte elétrica.

A corrida também foi marcante para Kimi Raikkonen. Piloto da Alfa Romeo e campeão em 2007, o finlandês chegou ao GP de número 323 na carreira, ultrapassando Rubens Barrichello, que tem 322, e se tornando o corredor com maior número de GPs na história da Fórmula 1. 

Com o resultado deste final de semana, Hamilton chega a 230 pontos no Campeonato Mundial, ampliando sua vantagem para Valtteri Bottas, que tem 161. Max Verstappen é o terceiro, com 147.

A próxima corrida da Fórmula 1 acontecerá dentro de duas semanas, no dia 25 de outubro, no Autódromo Internacional de Algarve, em Portugal. 

*Sob supervisão de Julyanne Jucá