Brasileiros avançam para a 3ª fase na estreia do Circuito Mundial de Surfe

Após um ano sem torneios oficiais devido à pandemia do novo coronavírus, a Liga Mundial de surfe (WSL) inicio a temporada 2021 no Havaí

Por Joyce Murasaki, da CNN
10 de dezembro de 2020 às 01:40 | Atualizado 10 de dezembro de 2020 às 11:24

 

Após um ano sem torneios oficiais devido à pandemia do novo coronavírus, a Liga Mundial de surfe (WSL) iniciou nesta quinta-feira (10) a temporada 2021 na praia de Pipeline, no Havaí.

O atual campeão mundial, Ítalo Ferreira, venceu na estreia e avançou direto para a terceira fase. 

Leia também:
Morre ex-atacante da seleção italiana Paolo Rossi

Os outros dois brasileiros que têm títulos mundiais se enfrentaram em disputa acirrada. Gabriel Medina conseguiu virar na última onda sobre Mineirinho e se classificou em segundo, por apenas 3 centésimos.

O Brasil ainda tem a possibilidade de aumentar o número de representantes na terceira fase da competição caso os atletas superem a repescagem.

Atual campeão mundial, Ítalo Ferreira é favorito no surfe
Foto: Pedro Nunes/Reuters

Yago Dora e Filipe Toledo venceram as duas primeiras baterias, enquanto Jadson André e Deivid Silva se classificaram em segundo. Outro brasileiro na disputa, Peterson Crisanto, terminou o dia em 3º e também precisará passar pela repescagem.

Para esta temporada, a World Surf League (WSL) anunciou mudanças nas regras para definir o campeão.

As etapas do circuito ocorrem até o começo do segundo semestre, com o décimo evento marcado para o Taiti entre o fim de agosto e início de setembro. 

Os cinco primeiros colocados nos rankings masculino e feminino disputarão, pela primeira vez, o "WSL Finals" em Trestles (EUA). O evento será um “mata-mata”, onde o quinto colocado enfrenta o quarto. Na bateria seguinte o vencedor disputa com o terceiro, e assim por diante, até a grande final contra o primeiro no ranking da temporada.

Resultado da primeira rodada em Pipeline:

1- Kanoa Igarashi (JPN) 10,30 x Peterson Crisanto (BRA) 0,90 x Morgan Cibilic (AUS) 5,04
2 - Kolohe Andino (EUA) 6,50 x Yago Dora (BRA) 6,90 x Leonardo Fioravanti (ITA) 2,20
3 - Filipe Toledo (BRA) 7,63 x Frederico Morais (PRT) 7,50 x Mikey Wright (AUS) 6,90
4 - Jordy Smith (AFR) 12 x Jadson André (BRA) 4,67 x Sebastian Zietz (HAV) 4,50
5 - Gabriel Medina (BRA) 5,60 x Adriano de Souza (BRA) 5,53 x Josh Moniz (HAV) 9,10
6 - Italo Ferreira (BRA) 10,53 x Matthew McGillivray (AFS) 10,16 x Miguel Tudela (PER) 5,44
7 - John John Florence (HAV) 14,24 x Conner Coffin (EUA) 10,37 x Deivid Silva (BRA) 11,20
8 - Kelly Slater (EUA), Wade Carmichael (AUS), Connor O´Leary (AUS)
9 - Jeremy Flores (FRA), Caio Ibelli (BRA), Ethan Ewing (AUS)
10 - Julian Wilson (AUS), Griffin Colapinto (EUA), Miguel Pupo (BRA)
11 - Seth Moniz (HAV), Ryan Callinan (AUS), Alex Ribeiro (BRA)
12 - Michel Bourez (TAH), Jack Freestone (AUS), Jack Robinson (AUS)