Mais de 30% dos japoneses querem Olimpíada cancelada, diz pesquisa

Pesquisa da NHK mostra maioria dos japoneses defendendo que Tóquio 2020 seja cancelado ou que Jogos sejam adiados ainda mais

Por Yoko Wakatsuki, da CNN em Tóquio; e Akanksha Sharma, da CNN em Hong Kong
15 de dezembro de 2020 às 03:45 | Atualizado 15 de dezembro de 2020 às 04:52
Com nova onda da pandemia de Covid-19 no Japão, maioria questiona realização dos Jogos coforme planejado
Foto: Issei Kato/ Reuters


32% dos japoneses defendem que as Olimpíadas e a Paraolímpiada de Tóquio 2020 - agora previstas para serem realizadas no próximo ano - devem ser canceladas. Os dados são de uma pesquisa realizada pela emissora pública NHK.

Leia também:
Tóquio 2020 diz que adiamento dos Jogos custará US$2,8 bilhões aos organizadores

Atletas olímpicos não serão forçados a se vacinar contra Covid-19, diz COI

Já 31% dos entrevistados não defendem que os Jogos sejam cancelados, mas pensam que as Olimpíadas e Paraolimpíadas deveriam ser adiadas ainda mais.

Apenas 27% dizem que os Jogos devem ser realizados conforme planejado em 2021 no Japão. Isso é uma queda acentuada de um apoio de 40% para os Jogos em uma pesquisa semelhante realizada em outubro, antes da terceira onda do novo coronavírus atingir o Japão.

A pesquisa por telefone da NHK foi realizada no fim de semana. Mais de 1.200 pessoas participaram.

Em outubro, a mesma pesquisa revelou que 23% queriam que os Jogos fossem cancelados, enquanto 25% disseram que deveriam ser adiados.