Verstappen vence GP de Fórmula 1 em Ímola; Hamilton lidera campeonato

Piloto da Red Bull se destaca em corrida atípica marcada por escapadas e acidentes; Hamilton se recupera de incidente, faz volta mais rápida e chega em 2º

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
18 de abril de 2021 às 13:15
Max Verstappen (C) comemora vitória no GP da Emilia Romagna de F1, em Ímola
Max Verstappen (C) comemora vitória no GP da Emilia Romagna de F1, em Ímola
Foto: Bryn Lennon - 18.abr.2021/Getty Images

Max Verstappen, da Red Bull, venceu o Grande Prêmio da Emilia Romagna de Fórmula 1, em Imola, neste domingo (18), em uma corrida marcada pela chuva e por incidentes, incluindo uma interrupção temporária por causa de um acidente entre George Russel, da Williams, e Valtteri Bottas, da Mercedes.

Essa foi a 11ª vitória da carreira do piloto holandês, igualando a marca dos brasileiros Felipe Massa e Rubens Barrichello e do canadense Jacques Villeneuve – o heptacampeão Lewis Hamilton é o maior vencedor da categoria, com 96 triunfos. 

"Para ser honesto, foi muito desafiador, especialmente no começo, ficar na pista porque estava muito escorregadio", disse Verstappen. 

Ele chegou 22 segundos à frente Hamilton, da Mercedes, que conseguiu se recuperar de um acidente e ultrapassar 8 adversários na parte final da corrida. No final, Hamilton também registrou a volta mais rápida da corrida, o que lhe garantiu um ponto extra e a liderança do campeonato de pilotos.

Hamilton agora tem 44 pontos contra 43 de Verstappen e 23 de Norris no campeonato de pilotos. A Mercedes se manteve na liderança da disputa de construtores com 60 pontos contra 53 da Red Bull.

"Do meu lado, não foi o melhor dia, foi a primeira vez que cometi um erro em muito tempo. Mas estou grato por ter conseguido trazer o carro para casa hoje", disse Hamilton, depois da corrida.

Lando Norris, da McLaren, completou o pódio, na primeira vez que dois pilotos britânicos estiveram juntos no pódio desde 2012.

Uma corrida atípica

Verstappen assumiu a liderança na primeira volta, após uma excelente largada a partir da terceira posição que o permitiu disputar a segunda curva lado a lado de Hamilton, que partiu da pole position.

Na volta 32 a corrida precisou ser interrompida para a retirada de destroços após uma batida forte entre Bottas e Russell, que disputavam o nono lugar na reta principal do circuito.

Depois do recomeço, e sem a chuva do começo, o GP da Emilia Romagna teve uma grande quantidade de ultrapassagens e trocas de posições.

Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em quarto e o seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, foi quinto. Daniel Ricciardo da McLaren terminou em sexto, seguido por Lance Stroll, da Aston Martin, Pierre Gasly, da AlphaTauri e Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo.

O francês Esteban Ocon chegou na 10ª posição e conquistou um ponto para a Alpine.