Fora da zona de acesso à Série A, Vasco demite técnico Marcelo Cabo

Treinador ficou à frente do clube cruzmaltino em 29 jogos, somando 13 vitórias, dez empates e seis derrotas

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo
19 de julho de 2021 às 18:25
Ex-técnico do Vasco Marcelo Cabo
Ex-técnico do Vasco Marcelo Cabo
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O Vasco da Gama anunciou nesta segunda-feira (19) a demissão do técnico da equipe, Marcelo Cabo, após o empate por 1 a 1 com o Náutico. O auxiliar Gabriel Cabo e o preparador físico Tiago Melsert também deixaram o clube.

Os próximos treinamentos serão comandados por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

Cabo assumiu o Cruzmaltino logo após o rebaixamento à Série B do Brasileiro, em março, e ficou à frente da equipe em 29 jogos, somando 13 vitórias, 10 empates e seis derrotas.

"O Vasco da Gama agradece Marcelo Cabo por toda sua dedicação ao longo dos meses que permaneceu à frente da equipe de futebol profissional do Vasco. Foram momentos de dedicação integral para o sucesso do projeto, junto à sua equipe e o departamento de futebol", disse o clube em nota.

Atualmente, o Vasco acumula 18 pontos e ocupa a oitava colocação na tabela. O clube, no entanto, tem apenas dois pontos a menos do que o CRB, primeiro time do G-4, grupo que dá acesso à Séria A do Brasileiro.

Outros grandes clubes também promoveram mudanças

Também fora do G-4 e visando subir na tabela, Botafogo e Cruzeiro também promoveram mudanças no comando da equipe recentemente.

Na última terça-feira (13), o Fogão anunciou a saída do técnico Marcelo Chamusca. O treinador vinha sofrendo pressão após um começo ruim na Série B do Brasileiro. A demissão, inclusive, foi concretizada após o empate com o Cruzeiro. 

A Raposa, por sua vez, também trocou de técnico há menos de um mês. Depois de um começo ruim na Série B do Brasileiro, os mineiros decidiram demitir Felipe Conceição e contrataram o ex-jogador Mozart.

Nos primeiros jogos de Mozart à frente da equipe, a impressão era de que o Cruzeiro conseguiria uma rápida retomada, mas o ex-atleta, porém, já sofre com pressões por parte da torcida cruzeirense.

Atualmente, o Botafogo soma 13 pontos e ocupa a 13ª colocação da Série B. Já o Cruzeiro acumula 11 pontos e está na 16ª colocação, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.