‘Abracei a ideia e fui pra cima’, diz skatista sobre classificação na Olimpíada

Luiz Francisco, integrante da Seleção Brasileira de Skate, irá representar o Brasil em Tóquio; competição começará em 5 de agosto

Produzido por Fernanda Pinotti e Henrique Andrade, da CNN, em São Paulo*

Ouvir notícia

 

A Olimpíada de Tóquio começará no dia 23 de julho, mesmo após críticas em se realizar o torneio em meio à pandemia de Covid-19. Um dos atletas brasileiros que vai disputar uma das novas modalidades olímpicas é o skatista Luiz Francisco, integrante da Seleção Brasileira de Skate e vice-campeão mundial na modalidade Park.

Francisco explica que, logo que houve o anúncio de que skate se tornaria uma modalidade olímpica, houve preconceito por parte dos skatistas, que sempre enxergaram a prática mais como um estilo de vida do que um esporte. 

“No começo, eu também fui contra, mas logo em seguida eu mudei minha opinião e comecei a apoiar muito porque eu sabia que poderia abrir muitas portas para o skate.”

Ele considera que o “skate ainda é muito marginalizado”, mas revela que um grande incentivo veio de sua mãe, que é atleta.

“Sempre foi um sonho da minha mãe — que era ginasta — que o skate se tornasse olímpico. Ela sempre falou desde quando eu era muito criança que esse dia iria chegar. Então, desde a primeira oportunidade de competir no ranking mundial e tentar me classificar, eu abracei a ideia e fui para cima.”

Francisco explica que o skate foi incorporado à Olimpíada em duas modalidades: Street e Park. Ele está na segunda, que consiste em competir dentro de grandes piscinas com obstáculos e corrimãos.

Neste domingo (4), a seleção brasileira irá para os Estados Unidos, onde passarão por treinamentos até o dia 27 de julho, data de viagem ao Japão. A estreia do brasileiro na competição acontece em 5 de agosto em Tóquio.

“[Minha vida] mudou muito [desde que eu fui classificado]. Mudou de verdade. Eu já fazia a parte do treinamento físico, porém não levava tão a sério. Depois, eu vi a necessidade, já que comecei a me lesionar mais por estar andando muito de skate.”

Atualmente, além de treinar a parte física por horas, Luiz Franscisco também faz um preparo psicológico.  “Então mudou muito a minha vida para um modo muito melhor.”

Luiz Francisco, integrante da Seleção Brasileira de Skate
Luiz Francisco, integrante da Seleção Brasileira de Skate e vice-campeão mundial de Skate na modalidade Park (03-07-2021)
Foto: Reprodução / CNN

O skatista disse que já conhece alguns competidores de outros países e espera que a parceria seja mantida já que, na visão dele, não há rivalidade no skate.

“Eu espero que a gente consiga manter contato e que possamos torcer uns pelos outros.”

* (supervisionados por Elis Franco)

Mais Recentes da CNN