Alexandre Garcia: Japão vacinou menos que o Brasil e mesmo assim terá Olimpíada

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (1º), o jornalista avaliou a possibilidade do Brasil sediar a Copa América em meio à pandemia de Covid-19

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (1º), Alexandre Garcia avaliou a possibilidade do Brasil sediar a Copa América em meio à pandemia do novo coronavírus. 

“A Colômbia não quis fazer, a Argentina não pode fazer. A Argentina está um caos. O presidente [Alberto] Fernández e a vice Cristina Kirchner são piores que a pandemia, conseguiram fazer um caos na pandemia e na saúde. Então, acertaram com o governo brasileiro de vir para cá. Mas eu vi que o Campeonato Brasileiro começou no dia 30. Tem as séries A, B e C, cada série com 20 times. Nós vamos parar também? E para sermos coerentes, dentro de 50 dias, começa a Olimpíada em Tóquio. Vamos nos recusar a assistir para sermos coerentes?”, questionou o jornalista.

“O Japão aplicou 22 milhões de doses de vacina [entre primeira e segunda dose], O Brasil aplicou 67,2 milhões de doses [entre primeira e segunda], e mesmo assim [o Japão] vai fazer as Olimpíadas dentro de 50 dias. Nós não podemos fazer Copa América, mas fazemos a Copa do Brasil com muito mais times.”

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (01.jun.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN