Após autorizar jogo do Paulista, Volta Redonda receberá equipamentos para UTIs

Cidade do interior do Rio de Janeiro sediará partidas de futebol nesta terça-feira e quarta-feira; Prefeitura espera equipamentos na semana que vem

Cidade do interior fluminense receberá doação da FPF após liberar realização de jogos do Paulista
Cidade do interior fluminense receberá doação da FPF após liberar realização de jogos do Paulista Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Leandro Resendeda CNN

Ouvir notícia

O prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto (DEM), afirmou à CNN que receberá a doação de 10 monitores e 10 ventiladores pulmonares da Federação Paulista de Futebol (FPF) após a cidade ter aceitado sediar dois jogos do Campeonato Paulista, marcados para esta terça-feira (23) e quarta-feira (24).

Os equipamentos, segundo ele, servirão para montar 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva na rede pública da cidade, que hoje tem 91% de ocupação de UTIs e 58% de enfermarias.  

Na noite de segunda-feira (22), Neto confirmou a realização da partida entre Corinthians e Mirassol na noite desta terça-feira (23), mas cancelou o confronto entre Palmeiras e São Bento, marcado para quarta-feira. O motivo: o avanço do novo coronavírus no município, já quase sem leitos de UTI disponíveis. 

Após o anúncio, a FPF entrou em contato com a Prefeitura e negociou a manutenção do jogo no estádio Raulino de Oliveira em troca dos equipamentos hospitalares.  Na semana passada, o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), foi procurado pela FPF, mas negou a possibilidade de todos os jogos do Campeonato Paulista serem realizados no Rio de Janeiro.

Neto disse que, na verdade, não houve “negociação”, mas um “compromisso” previamente assumido com a FPF.  “Não foi isso. Não cobramos aluguel dos jogos, só as despesas, por conta dos clubes. Mas a Federação Paulista sabe do que passa todos os municípios do país, e nós somos muito gratos por isso”, afirmou o prefeito.  

Ele disse ainda que passou as especificações dos equipamentos para a FPF e que espera contar com os materiais já na semana que vem. 

A assessoria de imprensa da FPF confirmou a autorização para o jogo e a doação dos equipamentos, mas não explicou o motivo de a partida ter sido autorizada somente após a doação da federação.

Estádio também abriga policlínica

No Estádio da Cidadania, onde vai acontecer os dois jogos do Campeonato Paulista, no bairro Nossa Senhora das Graças, funciona também a Policlínica da Cidadania Bernardino de Souza.

Segundo a Prefeitura de Volta Redonda, por dia, são ofertadas 600 consultas no serviço ambulatorial. O estádio já abrigou também um hospital de campanha nessa pandemia, que já foi desmobilizado.

De acordo com relatos de pacientes nas redes sociais, não há separação entre os locais de circulação da imprensa que cobre os jogos, equipes técnicas dos clubes e os pacientes da Policlínica da Cidadania, mas a Prefeitura garante que todos os envolvidos nos jogos terão que seguir o protocolo “Jogo Seguro”, da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que prevê a testagem em todos os atletas e comissão técnica antes do jogo, aferição de temperatura na chegada ao estádio e disponibilização de álcool gel em todos os ambientes.

As delegações devem chegar ao estádio no máximo uma hora e 30 minutos antes das partidas e os vestiários serão separados por equipe. Para isso, serão utilizados os quatro vestiários do estádio.

Os jogos do Campeonato Paulista ocorrerão às 15h30 entre São Bento e Palmeiras e às 19h entre Mirassol e Corinthians. Devido à pandemia, as partidas não terão a presença do público.

Mais Recentes da CNN