Após negativas de Flamengo e Olympique, Brasil define convocação para Olimpíadas

Sem Pedro, Malcom e Gerson, técnico André Jardine convoca volante Douglas Augusto e os atacantes Richarlison e Martinelli

Atacante Richarlison
Atacante Richarlison Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 O técnico André Jardine, que está à frente da seleção brasileira masculina para as Olimpíadas de 2020, convocou sete novos jogadores para integrarem o elenco que vai à Tóquio. Três jogadores foram chamados após negativas de Flamengo, Olympique de Marseille e Zenit se negarem a ceder seus atletas.

O volante Douglas Augusto, do PAOK, da Grécia, e os atacantes Martinelli, do Arsenal, e Richarlison, do Everton, foram convocados por Jardine para substituírem Gerson (Olympique), Pedro (Flamengo) e Malcom (Zenit-RUS).

A FIFA e o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiram ampliar em quatro vagas o número de atletas, em razão das dificuldades decorrentes da Covid-19. Para estas posições, Jardine escolheu os zagueiros Bruno Fuchs (CSKA) e Lucão (Vasco), o lateral-esquerdo Abner (Athlético-PR) e meia Reinier (Borussia Dortmund).

Veja a lista completa dos convocados para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Goleiros:
Santos
Brenno
Lucão

Laterais:
Dani Alves
Gabriel Menino
Arana
Abner

Zagueiros:
Diego Carlos
Gabriel Magalhães
Nino 
Bruno Fuchs

Meio campistas:
Douglas Luiz
Bruno Guimarães
Douglas Augusto
Matheus Henrique
Claudinho
Reinier

Atacantes:
Matheus Cunha
Paulinho
Antony
Martinelli
Richarlison

Mais Recentes da CNN