Após polêmica em GP de Abu Dhabi, FIA substitui Michael Masi na direção de provas

Decisão de Masi na última corrida da temporada passada abriu o caminho para que Verstappen ultrapassasse Hamilton para ganhar o título

Max Verstappen, em seu Honda da Red Bull, recebe a bandeirada de sua vitória em Abu Dhabi, que lhe rendeu o campeonato da F1 de 2021
Max Verstappen, em seu Honda da Red Bull, recebe a bandeirada de sua vitória em Abu Dhabi, que lhe rendeu o campeonato da F1 de 2021 Kamran Jebreili - Pool/Getty Images

Abhishek TakleRohith Nairda Reuters

Ouvir notícia

Michael Masi foi substituído como diretor de provas da Fórmula 1, disse o chefe do órgão regulador do esporte nesta quinta-feira, com Niels Wittich e Eduardo Freitas sendo escalados para dividir o cargo.

O presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, apresentou as mudanças como parte de uma reforma da direção de provas e arbitragem.

As novas medidas também incluem a criação de uma sala de controle de corrida virtual e a reavaliação dos procedimentos de volta do safety car.

Masi alterou o procedimento do safety car na última corrida da temporada passada, o GP de Abu Dhabi, tirando os carros retardatários do caminho entre os pilotos Lewis Hamilton e Max Verstappen.

Isso permitiu que o holandês, com pneus mais novos, passasse o britânico para conquistar o título na última volta.

Em atualização

Mais Recentes da CNN