Atlético-MG vence Brasiliense de novo e avança às oitavas da Copa do Brasil

Gol de Fábio Gomes garante classificação do time com placar agregado de 4 a 0

Atlético-MG vence Brasiliense de novo e avança às oitavas da Copa do Brasil
Atlético-MG vence Brasiliense de novo e avança às oitavas da Copa do Brasil Pedro Souza / Atlético

Leandro Silveiracolaboração para a CNN

Ouvir notícia

O Atlético-MG sacramentou a sua passagem às oitavas de final da Copa do Brasil neste domingo (22). No Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), o time confirmou o favoritismo e a vantagem adquirida no confronto de ida da terceira fase ao derrotar o Brasiliense por 1 a 0. Fábio Gomes marcou o único gol da partida.

Como havia vencido o jogo de ida por 3 a 0, no Mineirão, o Atlético-MG entrou em campo em situação bastante confortável, o que permitiu dar um descanso aos titulares. E, ainda assim, avançou com um placar agregado de 4 a 0, seguindo firme na defesa do título conquistado em 2021.

Esta foi a terceira vez que Atlético-MG e Brasiliense se enfrentaram em uma série da Copa do Brasil. Em 2002, o time do Distrito Federal surpreendeu ao eliminar a equipe mineira nas semifinais.

Mas o Galo deu o troco na segunda fase da edição de 2005. E agora volta a eliminá-lo. Fica, assim, à espera do adversário na próxima fase, que vai ser definido através de sorteio.

Enquanto isso, o Atlético-MG se concentra nas demais competições. E voltará a jogar na próxima quarta-feira (25), quando receberá o colombiano Tolima, no Mineirão, pela rodada final da fase de grupos da Copa Libertadores. Já garantido nas oitavas de final, o time vai em busca da primeira posição do Grupo D.

O Brasiliense, por sua vez, se concentra na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, a quarta divisão nacional. A equipe lidera a sua chave com 13 pontos somados em 5 jogos.

Como foi o jogo

Com o Mané Garrincha indisponível por causa de um evento musical, o Brasiliense optou por levar o duelo para Cariacica. E a torcida do Atlético-MG tomou conta das arquibancadas, mesmo que o técnico Antonio Mohamed tenha optado por poupar todos os titulares. Além disso, adotou um desenho tático diferente do usual, com a escalação de três zagueiros: Igor Rabello, Réver e Godín.

Mesmo em desvantagem, o Brasiliense optou por atuar recuado, no campo de defesa, sem pressionar a saída de jogo do Atlético-MG, o que deixou a partida com ritmo lento e dominada pela equipe alvinegra.

E após Réver perder boa chance em cabeceio, aos 15 minutos, o time abriu o placar aos 16. Savinho ficou com a bola após erro na saída de jogo do Brasiliense e cruzou para Fábio Gomes marcar de cabeça, com Edmar Sucuri até tocando na bola, mas não evitando o gol.

Gol de Fábio Gomes garante classificação do time com placar agregado de 4 a 0 / PEDRO SOUZA / ATLÉTICO

Com o placar agregado em 4 a 0, o Atlético-MG seguiu trocando passes em ritmo lento, pouco criando no restante do primeiro tempo, que só chamou a atenção por uma finalização de letra, mas fraca, de Eduardo Sasha, e por um disparo de Rubens que parou na trave.

O ritmo de treino no duelo se intensificou na etapa final, com o Brasiliense preferindo não se arriscar, para evitar uma derrota por placar mais dilatado. Enquanto isso, os reservas atleticanos optaram por não acelerar a busca pelo gol, já que a passagem de fase estava praticamente garantida.

Os treinadores foram fazendo mudanças, com o Brasiliense acionando os experientes Hernane Brocador e Bernardo. Já o Atlético-MG abriu mão de um dos três zagueiros escalados inicialmente. Além disso, Turco Mohamed deu chance a jovens das divisões de base, como Neto e Felipe Felício. Mas os times pouco criaram e não voltaram a movimentar o placar.

Os outros classificados

Com a classificação do Atlético-MG, já estão definidos 15 dos 16 participantes das oitavas de final da Copa do Brasil. Os outros são: América-MG, Atlético-GO, Athletico-PR, Botafogo, Ceará, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Palmeiras, Santos, São Paulo, Bahia e Cruzeiro. A outra vaga ficará com Goiás ou Red Bull Bragantino.

Mais Recentes da CNN