Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Casos de Covid estão em faixa controlável, diz organizador da Olimpíada de Inverno

    Já foram relatados 24 novos casos de Covid entre pessoas relacionadas aos Jogos, dos quais 16 são atletas

    Logo da Olimpíada de Inverno Pequim 2022 em Yanqing, na China
    Logo da Olimpíada de Inverno Pequim 2022 em Yanqing, na China 28/01/2022 REUTERS/Edgar Su

    da Reuters

    Ouvir notícia

    A situação da Covid-19 nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim está dentro da “faixa controlável esperada”, apesar do aumento de casos positivos detectados, disse nesta terça-feira uma autoridade graduada do Escritório de Prevenção e Controle de Pandemia da Olimpíada da China.

    O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022 registrou 200 casos de Covid desde 23 de janeiro entre chegadas ao aeroporto e aqueles na bolha de “circuito fechado” dos Jogos que separa todo o pessoal do evento, incluindo atletas, do público.

    “À medida que mais pessoas estão entrando na China, os casos importados de Covid-19 estão aumentando”, disse Huang Chun, vice-diretor geral do Escritório de Prevenção e Controle de Pandemia do comitê, em uma entrevista coletiva.

    Huang afirmou que o aumento de casos também foi resultado de técnicas de detecção de Covid mais eficazes e precisas pelas alfândegas.

    Os organizadores relataram 24 novos casos de Covid entre pessoas relacionadas aos Jogos em 31 de janeiro, dos quais 16 são atletas.

    Muitos atletas foram excluídos dos Jogos de 4 a 20 de fevereiro após testarem positivo na chegada ao aeroporto, enquanto outros assintomáticos estão em isolamento.

    Três dos 414 membros da delegação canadense em Pequim foram impactados pelos protocolos da Covid-19 na China, disse o Comitê Olímpico Canadense em comunicado nesta terça-feira.

    “Parte de nossa estratégia era chegar cedo para dar tempo para os testes de confirmação e, se necessário, o desenvolvimento de processo do Painel de Especialistas Médicos”, afirmou.

    Um dos casos positivos é um atleta, embora o comitê canadense não tenha divulgado o nome por questões de privacidade.

    “Chegar às Olimpíadas nunca é fácil e desta vez, como uma mãe nova, foi mais desafiador”, escreveu Elana Meyers Taylor, três vezes medalhista olímpica de bobsled, nas redes sociais de seu hotel de isolamento.

    A China vê as medidas rigorosas de controle da Covid, incluindo testes frequentes de ácido nucleico, como forma de ajudar a prevenir casos agrupados dentro do circuito fechado.

    “(A situação da Covid-19) está geralmente dentro da nossa faixa controlável esperada. Portanto, os participantes dos Jogos, incluindo atletas, e o público chinês não precisam se preocupar”, disse Huang.

    Mais Recentes da CNN