CBF quer retorno de público aos estádios nas quartas de final da Copa do Brasil

Jogos devem acontecer no fim de agosto; taxa de público pode alcançar 30% da capacidade máxima de cada arena, mas decisão dependerá dos governos locais

Estádio Mané Garrincha, em Brasília
Estádio Mané Garrincha, em Brasília Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já definiu o momento ideal para o retorno do público aos estádios: as partidas válidas pelas quartas de final da Copa do Brasil, etapa prevista para o fim de agosto. A informação foi confirmada pela CNN, nesta quarta-feira (21), por fontes ligadas à entidade.

A ideia dos representantes da CBF é realizar um projeto-piloto para fazer testes sobre a possível retomada das torcidas. A taxa de público deve variar entre 10 e 30%, de acordo com a situação epidemiológica de cada estado brasileiro.

Presidente da Comissão Nacional de Médicos de Futebol (CNMF) e membro do comitê que discute o retorno de público aos jogos, Jorge Pagura, destacou à CNN que a entrada aos estádios vai ser condicionada à imunização contra a Covid-19 ou a apresentação de testes RT-PCR.

“Ainda está cedo para determinar a taxa de público nos estádios. Existem regiões brasileiras onde poderíamos ter 30% da capacidade máxima dentro das arenas, por exemplo. Lembrando que a pessoa que for ver o jogo precisa estar totalmente vacinado ou realizar um teste 24 horas antes”.

No entanto, Jorge Pagura ressaltou que a liberação do público nos estádios brasileiros não depende só da CBF.

“As prefeituras e órgãos governamentais estão no caminho para liberar o público nos jogos. O índice de vacinação contra Covid-19 aumenta a cada dia, e o contágio pela doença apresenta sinais de queda. A decisão será tomada pela CBF em conjunto com as confederações, os clubes e o governo”, explicou Pagura.

Uma nova reunião entre a CBF e as confederações de futebol no Brasil está marcada para acontecer ainda nesta semana. O encontro deve definir os últimos detalhes do projeto-piloto que viabiliza a entrada do público aos estádios.

Mais Recentes da CNN