Com nono lugar de dupla, vela do Brasil termina Olimpíadas com um ouro

Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficaram em último na medal race da classe 470

Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan competem em etapa da classe 470 da vela nas Olimpíadas de Tóquio
Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan competem em etapa da classe 470 da vela nas Olimpíadas de Tóquio Foto: AP / Bernat Armangue

Leandro Silveira, colaboração para a CNN

Ouvir notícia

As brasileiras Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficaram em nono lugar na disputa da classe 470 da vela nas Olimpíadas de 2020. Nesta quarta-feira, elas precisavam de uma combinação de resultados na medal race na Baía de Enoshima para irem ao pódio da modalidade. Mas ficaram apenas na última posição na etapa decisiva, falhando por uma busca no pódio do evento. Assim, o Brasil fechou a participação na modalidade com um ouro, de Martine Grael e Kahena Kunze.

Na medal race, Fernanda e Ana Barbachan nunca ocuparam as primeiras posições. Elas passaram na primeira marcação em oitavo lugar, subiram para a sétima na segunda e voltaram para a oitava na terceira. Depois, caíram para o décimo e último lugar, no qual terminaram o evento. Assim, as brasileiras fecharam as Olimpíadas com 82 pontos perdidos, o que as deixou em nono lugar.

As britânicas Hannah Mills Eilidh McIntyre faturaram a medalha de ouro, após terminarem a medal race em segundo lugar. O pódio foi completado pelas francesas Camille Lecointre e Aloïse Retornaz, na segunda posição, e pelas polonesas Agnieszka Skrzypulec e Jolanta Ogar, na terceira colocação. As suíças Linda Fahrni e Maja Siegenthaler venceram a regata, mas ainda assim não conseguiram uma medalha.

Fernanda e Ana Barbachan chegaram à medal race da classe 470 na quinta colocação, com 62 pontos perdidos. Das dez regatas, elas venceram duas, a terceira e a décima. Também tiveram um quarto lugar, um quinto, um oitavo, três décimos, um 13º e um 15º lugar, que foi descartado. 

Esta foi a sexta participação de Fernanda nas Olimpíadas, sendo a terceira em parceria com Ana. Elas foram 6ª e 8ª colocadas em Londres-2012 e no Rio-2016, respectivamente. Antes, Fernanda foi 19ª em Sydney-2000, 17ª em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008, essa ao lado de Isabel Swan, sempre na classe 470. 

Com a conclusão da classe 470 feminina da vela, os eventos da modalidade nas Olimpíadas de Tóquio estão encerradas. Das dez classes, o Brasil esteve presente em cinco medal races, tendo conquistado o ouro com Martine Grael e Kahena Kunze, agora bicampeãs olímpicas na 49erFX. 

Além disso, Robert Scheidt foi oitavo colocado na Laser, Patrícia Freitas terminou na décima posição na RS:X, assim como Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino de Sá na Nacra 17. Já a Grã-Bretanha liderou o quadro de medalhas da vela ao conquistar três ouros. 

Mais Recentes da CNN