Confira quais atletas já tiveram que deixar as Olimpíadas por causa da Covid-19

Atletas que contraíram o novo coronavírus viram seus sonhos olímpicos frustrados. Alguns testaram positivo no Japão, alguns antes de viajar

Bradley Beal foi colocado no protocolo de segurança, mas não divulgou publicamente um teste de Covid-19 positivo
Bradley Beal foi colocado no protocolo de segurança, mas não divulgou publicamente um teste de Covid-19 positivo Foto: Ned Dishman/NBAE via Getty Images

Seamus Fagan, David Close e Jill Martin, da CNN

Ouvir notícia

A competição nas Olimpíadas de Tóquio começou na última quarta-feira (21) — dois dias antes da cerimônia de abertura oficial da competição –, mais de um ano após a data de início original, após o atraso dos Jogos devido à pandemia de Covid-19.

Mas, com a Covid-19 ainda se espalhando sem controle no Japão, os organizadores foram forçados a tomar medidas sem precedentes para manter os competidores e o público em segurança.

Atletas que contraíram o novo coronavírus viram seus sonhos olímpicos frustrados. Alguns testaram positivo no Japão, alguns antes de viajar.

Estes são os atletas que conhecemos que desistiram publicamente devido aos protocolos de saúde e segurança da Covid-19*: 

Estados Unidos

  • Bradley Beal – basquete masculino (colocado no protocolo de saúde e segurança, mas não divulgou publicamente um teste de Covid-19 positivo)
  • Taylor Crabb – voleibol de praia masculino
  • Kara Eaker – ginástica feminina
  • Coco Gauff – tênis feminino
  • Katie Lou Samuelson – basquete feminino 3×3
  • Bryson DeChambeau – golfe

República Tcheca

  • Barbora Hermannova – voleibol de praia feminino (descartado porque seu parceiro Sluková-Nausch testou positivo para Covid-19)
  • Simon Nausch – treinador, vôlei de praia feminino
  • Ondrej Perusic – vôlei de praia masculino
  • Michal Schlegel – ciclismo masculino
  • Pavel Širucek – tênis de mesa masculino
  • Markéta Sluková-Nausch – voleibol de praia feminino

Grã-Bretanha

  • Dan Evans – tênis masculino
  • Amber Hill – tiro feminino
  • Johanna Konta – tênis feminino

México

  • Hector Velazquez – beisebol
    Sammy Solis – beisebol

Holanda

  • Finn Florijn – remo masculino
  • Candy Jacobs – skate feminino
  • Reshmie Oogink – taekwondo

África do Sul

  • Kamohelo Mahlatsi – futebol masculino
  • Thabiso Monyane – futebol masculino

Austrália

  • Alex de Minaur – tênis masculino

Chile

  • Fernanda Aguirre – taekwondo feminino

Portugal

  • Frederico Morais – surfe masculino

ROC (Comitê Olímpico Russo)

  • Ilya Borodin – natação masculina

*No levantamento, feito pela CNN, há também um treinador da República Tcheca, a dupla de uma atleta do vôlei de praia da República Tcheca — que não testou positivo para Covid-19, mas não participará dos Jogos — e um jogador de basquete dos Estados Unidos que não revelou diagnóstico para o novo coronavírus, mas foi colocado em protocolos de “saúde e segurança”.

Mais Recentes da CNN