Conjunto do time do Flamengo está à frente do Palmeiras, diz Nunes

À CNN, ex-jogador do Flamengo afirmou que chave na final da Libertadores será o meio de campo

Da CNN

Ouvir notícia

O ex-jogador do Flamengo Nunes, que atuou no time entre as décadas de 1970 e 1980, acredita que, hoje, o clube carioca está à frente do seu adversário na Copa Libertadores da América, o Palmeiras. Os dois se enfrentam neste sábado (27) na decisão do título do campeonato.

“O Flamengo hoje é um time que o conjunto está a frente do Palmeiras, o Flamengo quando entra, ele busca o objetivo, a vitória, e quando vai pra cima vai igual um rolo compressor, o Palmeiras tem que tomar cuidado com o ataque do Flamengo, que é muito veloz”, disse Nunes em entrevista à CNN neste sábado.

 

 

Nunes atuou no Flamengo durante a Libertadores de 1981, em que foi escolhido como melhor artilheiro do campeonato. “Já tive a experiência de disputar uma decisão de Libertadores, estou muito tranquilo, só esperando o momento da partida, vai ser com certeza uma decisão bem disputada, são dois grandes clubes, duas torcidas maravilhosas que estão disputando”, diz.

Para ele, o segredo da decisão da partida é o meio de campo. O ex-jogador cita os três jogadores do Flamengo que atuam na área: Arão, Everton Ribeiro e Arrascaeta, que segundo ele possuem “um controle muito grande e uma habilidade muito grande também, e a leitura do esquema tático e do decorrer do jogo está entre esses jogadores, que trazem a responsabilidade para si”.

Nunes afirma que será importante que os atacantes do Flamengo, incluindo um dos astros do time, Gabigol, consigam ter muita movimentação para receber um lançamento do meio de campo e fazer um gol. Apesar disso, ele diz que está “receoso” com o Palmeiras pelo silêncio no time, o que seria uma prova de que o clube carioca “tem que ficar atento, bem concentrado”.

“Quando se trata de uma decisão de dois clubes fortes como o Flamengo e o Palmeiras, que estão acostumados a ir para decisão, tem que ter um certo cuidado, uma certa atenção, momentos que você tem que marcar por zona, homem a homem, acreditar naquilo que você adotou para o jogo, que é o tipo de esquema tático, então os jogadores tem que estar com muita critativisade para superar a pressão, saber ter o controle do jogo”, afirma.

Já em relação aos riscos para o Flamengo, Nunes cita os contra-ataques do time paulista. “O Abel é um treinador que traz muito os adversários pra cima, para fazer aquela surpresa de repente nos contra-ataques”.

Nunes avalia que o Flamengo é, hoje, um time “muito forte, que joga com alegria”, e também elogiou o Palmeiras, afirmando que os dois times são os “melhores no momento no futebol brasileiro”.

O ex-jogador aposta em uma vitória do Flamengo, por 1 x 0 ou por 2 x 1, mas reforça que “será um jogo difícil”. “O mais gostoso é a gente como torcedor ver dois times brasileiros chegando à final da Libertadores e a gente procurar observar e torcer como torcedor”.

 

 

Mais Recentes da CNN